Alpine A110 2018

Alpine A110 2018

Um dos grandes sucessos da Renault nas décadas de 1960 e 1970, o Alpine A110 (também conhecido como “Berlinette”) volta a fazer parte da linha da marca francesa. A nova geração do esportivo compacto foi a principal atração da fabricante no Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça; e estará disponível em mercados como Europa, Reino Unido e Japão a partir de meados deste ano.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

No visual, o novo A110 traz formas inspiradas no modelo original. Como destaque, há o conjunto óptico com quatro elementos na dianteira; capô com formato mais musculoso; vinco marcante nas portas laterais; vidro traseiro mais abaulado e lanternas traseiras afiladas. Toda a carroceria do cupê foi desenvolvida com foco na aerodinâmica, rendendo um coeficiente aerodinâmico de apenas 0,32.

Nas dimensões, são 4.178 mm de comprimento; 1.798 mm de largura e 1.252 mm.O novo cupê é construído a partir de uma plataforma de alumínio, o que proporcionou um baixo peso de apenas 1.080 kg, com distribuição de 44% na frente e 56% atrás.

Alpine A110 2018

Alpine A110 2018

Sob o capô, há um motor 1.8 litro turbo de quatro cilindros a gasolina desenvolvido pela Renault-Nissan. Ele consegue desenvolver 255 cavalos de potência e 32,6 kgfm de torque e está associado a uma transmissão automatizada de sete velocidades e dupla embreagem; produzida pela Getrag e calibrada especificamente para o novo carro.

Segundo a marca, o compacto é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos e atinge velocidade máxima de 250 km/h; limitada eletronicamente.

O conjunto inclui ainda três modos de condução (Normal, Sport e Track), que altera o comportamento do motor, câmbio, direção, controle de estabilidade e sistema de escape e o conteúdo do sistema multimídia; suspensão independente por braços triangulares sobrepostos nas quatro rodas; freios Brembo; rodas de alumínio forjadas de 18 polegadas, entre outros.

Alpine A110 2018

Alpine A110 2018

O A110 das fotos é o Première Edition, uma variante limitada a 1.955 unidades, que tem carroceria com pintura nas cores azul, preto ou branco; rodas aro 18 com acabamento diamantado; três modos de condução; sistema de freio de alto desempenho; sistema de escape mais leve; sistema de som Focal; detalhes internos em fibra de carbono; pedais em alumínio escovado; bancos esportivos em couro; badges nas cores azul, branco e vermelho e uma placa numerada no console central.

Quanto ao preço, a Renault pede 58,5 mil euros pelo novo A110 Première Edition.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Alpine A110 2018 marca o retorno do esportivo às ruas

»crosslinked«