Honda WR-V 2017

Honda WR-V 2017

Todo mundo fala que o Honda WR-V 2017  é um Fit disfarçado. Aqui no BlogAuto achamos que o WR-V é um Fit aperfeiçoado, e podemos dizer que isso é muito bom, a engenharia da Honda do Brasil fez um excelente trabalho, pegando os pontos positivos do Fit e somando com a experiência adquirida com o Best-seller Honda HR-V e o resultado é bem interessante.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

Primeiro projeto da marca desenvolvido no Brasil e que será lançado em vários mercados, o Honda WR-V 2017 chega em duas versões a EX por R$ 79.400,00 e a mais completa ELX por R$ 83.400,00, aqui sim um ponto para ser criticado, o WR-V não é barato.

Externamente, as duas versões trazem o mesmo visual robusto e esportivo, desenvolvido com base no conceito “Wild Armor”, criado especificamente para esse modelo. Ele é refletido em uma frente elevada, marcante e com grade frontal com acabamento em black piano, faróis com luzes de uso diurno (DRL) em LED, além dos projetores de neblina que são de série em ambas as configurações.

O design traseiro e sua lateral trazem traços horizontais e lanternas que se prolongam pela linha de cintura. Ele é complementado pelo friso cromado na tampa traseira. Padrões com desenhos trapezoidais são replicados em várias partes do Honda WR-V 2017, como na grade inferior frontal, nas rodas de 16 polegadas, nas molduras dos para-lamas e em outros pontos-chave do modelo, são uma assinatura do design do SUV compacto.

Ao entrar no Honda WR-V 2017 percebe-se grande familiaridade com o ambiente, é isso mesmo, tirando alguns detalhes como revestimento em tecido dos bancos, é basicamente um Fit, e isso é muito bom, afinal é um dos pontos altos do carros, o sistema de bancos ULTRa SEAT (Utility Long Tall Refresh) que permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões. O modo Utility, por exemplo, permite formar uma superfície plana, que amplia o espaço útil para acomodar bagagens, com mais de 1.000 litros.

O motorista pode se acomodar em um banco, com forrações diferenciadas em preto e prata ou preto e laranja (exclusiva da cor Vermelho Mercúrio), com regulagem de altura, não são disponibilizados revestimento em couro. O volante, com comandos de som, viva-voz e controle de velocidade de cruzeiro, traz revestimento em couro e ajustes de altura e profundidade em ambas as configurações, além de assistência elétrica. À frente, o quadro de instrumentos que a marca dá o pomposo nome de Bluemeter, com computador de bordo multifunções traz informações e visualização.

De série em todas as versões temos vidros elétricos – com função um toque para o motorista –, ar-condicionado, cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes, além de encostos de cabeça em todas as posições. Para trazer ainda mais comodidade e segurança, o banco traseiro traz a possibilidade de fixação de cadeirinhas infantis pelo sistema ISOFIX. O console central, o painel e laterais de portas trazem diversos porta-objetos, além de acabamentos em prata.

A versão EX traz sistema de áudio com tela de cinco polegadas, onde são projetadas as imagens da câmera de ré, que oferecem três opções de visualização. Esse sistema oferece conectividade via Bluetooth, USB e cabo auxiliar, além de leitor de CD player. No modelo EXL, por sua vez, há um sistema multimídia de sete polegadas com GPS, navegador de internet via hotspot, e conectividade completa via Bluetooth, cartão SD e duas entradas USB.

Todas as versões do Honda WR-V 2017 trazem airbags frontais e laterais, além de freios antibloqueantes ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), barras de proteção nas portas. de colisão. A versão EXL traz ainda airbags laterais do tipo cortina.

Ponto alto do modelo o conjunto de suspensão do Honda WR-V 2017 foi projetado para permitir altura do solo, vão livre e ângulos de ataque e saída compatíveis com a proposta de um SUV, sem comprometer o conforto e a agilidade de um modelo compacto.

Com de 2,55 m de entre-eixos, 4 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,6 m de altura, o Honda WR-V 2017 traz medidas compactas. Os 20,7 cm de vão livre do solo e os ângulos de ataque e saída de 21º e 33º, garantem boa dinâmica, mesmo em pisos mais irregulares.

A suspensão exclusiva adota amortecedores com batente hidráulico e diâmetro de cilindro reforçado, barra estabilizadora robusta, projetada para minimizar a rolagem da carroceria, garantindo estabilidade mesmo com uma altura do solo mais elevada. As buchas frontais são mais robustas, bem como a travessa de suspensão, com enfoque no conforto de rodagem.

O eixo traseiro tem seu desenvolvimento baseado no HR-V e traz alta rigidez para o aumento do conforto e dirigibilidade. A caixa de direção EPS (Electric Power Steering), é eletricamente assistida, desenvolvida especificamente para o Honda WR-V 2017, permitindo um raio de manobra de apenas 5,3 metros.

Rodas e pneus também foram desenvolvidos especificamente para o Honda WR-V 2017. As rodas de 16 polegadas e pneus 195/60. Um pacote acústico completo, com isoladores instalados em diversos pontos do carro, colabora para ampliar o silêncio a bordo.

Embaixo do capô do Honda WR-V 2017 nenhuma novidade é equipado com o motor 1.5 i-VTEC FlexOne, com controle eletrônico variável de sincronização e abertura de válvulas, mesmo conjunto que já equipa o City e Fit. Com etanol, esse propulsor gera 116 cv de potência a 6.000 rpm e 15,3 kgfm de torque à 4.800 rpm – quando abastecido com gasolina, são 115 cv a 6.000 rpm e 15,2 kgfm à 4.800 rpm.

A transmissão CVT possui conversor de torque, proporcionando uma resposta mais rápida e aceleração linear. Essa combinação fez com que o WR-V alcançasse nota máxima “A” na categoria utilitário esportivo compacto dos testes de consumo do Compet/INMETRO.

Honda WR-V 2017

Na prática – O BlogAuto testou o Honda WR-V 2017 na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, e podemos dizer que o que chama muito a atenção é a dirigibilidade do modelo, que chega a ser surpreendente pela resistência e refinamento da tocada do carro. Mesmo em buracos grandes, a suspensão não está nem ai, absorvendo de forma impecável, sem grandes trancos e barulhos, nem fim de curso do amortecedor.

Veja também: Os melhores SUVs do Brasil com preço até R$ 80 mil

Em uma tocada mais esportiva, apesar da maior altura livre do solo, o modelo transmite segurança permitindo algumas ousadias.

A pretensão de vendas não são tão ambiciosas, com vendas de 1.700 unidades por mês, neste segmento que mais recebeu lançamentos nos últimos tempos, mas com os números de vendas do HR-V, a marca deverá conseguir seu objetivo.

Galeria Honda WR-V 2017

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Avaliação: o valente crossover Honda WR-V 2017

»crosslinked«