Chevrolet Cruze Hatch, ou melhor, Sport6

Difícil fugir dos chavões do meio como “New”, “GT”, etc, mas a Chevrolet resolveu arriscar. Em vez de seguir a tradição, a marca decidiu mudar o sobrenome do Cruze hatchback. Em vez do tradicional “hatch” ela optou por Sport6 em alusão às duas transmissões, ambas com 6 marchas. Já o “Sport” é óbvio, para ressaltar seu públic0-alvo mais jovem.

O Cruze Sport6, portanto, será lançado no dia 9 de abril me São Caetano, sede da GM. Não se espera nada muito diferente do Cruze sedã – que na época foi chamada de “Ecotec 6″. O motor 1.8 Ecotec, por exemplo, é o mesmo, os câmbios também e as versões, acredito eu, idem.

Por outro lado, é triste ver como uma empresa abandona seus filhos quando não fazem sucesso. O Vectra e, sobretudo, o Vectra GT, que será trocado pelo Cruze, sumiram do site da marca sem aviso prévio. Pior, a Chevrolet nem ao menos fez questão de encerrar sua história com alguma dignidade. O mesmo com o Astra, que vendeu muito e segurou as pontas para os americanos por vários anos.