Fiat Bravo 2016: hatch subiu de qualidade, mas mercado diminuiu as vendas

Fiat Bravo 2016

A Fiat acaba de tirar, de uma vez só, seis modelos de sua linha no mercado nacional. De acordo com o site oficial da empresa, o compacto Palio Fire; o monovolume Idea; o sedã médio Linea; o hatch médio Bravo; o crossover Freemont e o furgão Doblò Cargo deixam de ser ofertados por aqui. Ou seja, a fabricante passa a não dispor mais de representantes no segmento de monovolumes, sedãs médios, hatches médios e crossovers de sete lugares.

Assista o vídeo: Papo de piloto como Chico Serra

Praticamente todos esses carros foram tirados de linha pelo baixo volume de vendas registrado nos últimos tempos. A começar pelo Fiat Palio Fire, o fim das vendas é devido a chegada do Mobi, que agora se posiciona como o modelo mais barato da montadora no País, com preço inicial de R$ 33 mil. Por outro lado, o Doblò Cargo estava promovendo uma briga interna com o Fiorino.

No caso do Idea, o fato é justamente as baixas vendas (pouco mais de 3 mil unidades foram emplacadas no ano passado) e também por se tratar de um modelo defasado. O Linea e o Bravo, embora tenham sofrido facelift recentemente, estavam vendendo cada vez menos, com 1.448 unidades do sedã e 1.969 do hatch comercializadas no ano passado.

Fiat Palio Fire 2016

Fiat Palio Fire 2016

Por fim, o Fiat Freemont também não estava vendendo bem e o grupo FCA já vende o Dodge Journey, que é o mesmo carro, mas com mais equipamentos e motor mais potente (e mais caro).

Em breve, a Fiat vai encerrar a produção do Palio e do Punto; que serão substituídos pelo novo modelo do projeto X6H, previsto para chegar à linha de produção em maio. Haverá ainda um sedã, o X6S, que irá ocupar o lugar deixado pelo Linea.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Fiat descontinua seis modelos no Brasil

»crosslinked«