Volkswagen Saveiro Trooper

Volkswagen Saveiro Trooper

Entrevistamos a pouco o gerente de marketing da Volkswagen, Fabrício Biondo. O bate-papo foi interessante para entender algumas soluções apresentadas na Saveiro e esclarecer outras dúvidas que surgiram ao conhecer a picape. Veja a seguir os principais pontos da conversa:

Utilização de picapes compactas

“Lazer, sem dúvida”, nos disse Biondo. Mesmo quem usa uma picape para trabalho carrega em média apenas 200 kg segundo pesquisas da VW. No caso de uso severo, cerca de 2% dos clientes, mal passa de 600 kg.

Mix de vendas

“Ainda não sabemos com certeza como será dividido. Dependerá do retorno das concessionárias, que fazem pedidos direto para a fábrica”. O executivo, no entanto, acredita que a divisão será de cerca de 37,5% para Trooper e Trend, e 25% para a básica.

Trooper cabine simples

“E se o cliente tem duas motos e quer uma picape mais equipada?” Foi para isso que a Volks decidiu oferecer a cabine simples também com o padrão da Trooper, hoje uma opção inédita no segmento.

Cabe moto?

Fabricio garantiu: “a cabine simples leva motos de até 450 cc tranquilamente e a estendida também, mas aí a moto terá de ir na diagonal”. A pergunta é do leitor Marcos Vinicius.

Visual da Saveiro

“Criamos uma picape sem modismos”, explicou Biondo. “Nada de plásticos em excesso, ao contrário, as linhas são elegantes e limpas”. A alfinetada na Fiat estava presente em quase todos os diálogos com os executivos da VW. Explica-se: a montadora sabe que a Saveiro pode ser o fiel da balança no ranking de vendas geral. Em automóveis, a Volks já vende mais que a Fiat, mas a Strada vira o jogo hoje. Embora tenham dito que a meta é de 5 mil unidades/mês, a marca alemã já fala nas entrelinhas em passar a Strada.

Preço

Um dos temores é o de que a Saveiro custasse caro. A versão Trooper, por exemplo, sai por R$ 38 990, mas vem sem vários equipamentos que a Strada Adventure tem de série. Biondo observou que com o pacote de opcionais que alinham as duas picapes, “a Saveiro é ainda mais de R$ 2 mil mais barata que a rival”.

Clínicas

“Ouvimos atentamente os clientes para definir o que eles queriam ver numa picape. Por isso está lá o step-side igual ao da Montana e os ganchos deslizantes da caçamba.”, disse Fabricio. “Aliás, o step-side nem foi criação da GM, a Ford já tinha isso antes.”, completou.

Roda de aço estilizada

Um dos pontos curiosos da Saveiro Trooper é a roda de aço “estilizada”. Mais uma vez, Biondo citou as clínicas com clientes: “as pessoas nos explicavam que queriam ter uma roda bonita, mas que não riscasse ou amassasse  se elas estivessem passando em algum trecho ruim de estrada. Aí pegamos a roda do CrossFox e a redesenhamos para usar na Trooper”. Fabricio nos lembrou que o CrossoFox oferece essa opção na versão básica, mas quase ninguém opta por ela.

Cabine dupla

“Nós oferecemos essa opção, mas na Amarok, que chega no final do ano. Ela será nossa picape cabine dupla”, completou o gerente da VW.

Outra curiosidade já que tocamos no assunto da Amarok é que a traseira da Saveiro foi inspirada nessa picape. Na verdade, no conceito SAR, que esteve no Salão do Automóvel no ano passado.