Ford Fiesta 1.0 EcoBoost

Ford Fiesta 1.0 EcoBoost

Oferecido apenas na versão topo de linha Titanium do Ford Fiesta, o novo motor 1.0 EcoBoost estará disponível em breve em outras versões de acabamento na linha do hatch compacto, com preços mais em conta. Segundo a tabela de consumo do programa brasileiro de etiquetagem veicular do Inmetro, o propulsor turbo de três cilindros será oferecido nas configurações SE e SEL, disponíveis atualmente apenas com o motor 1.6 litro aspirado.

Assista o vídeo: Papo de piloto como Chico Serra

O novo motor 1.0 litro turbo de três cilindros da Ford é movido apenas a gasolina e desenvolve 125 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 17,3 kgfm de torque, entre 1.400 e 4.500 rpm, e trabalha em conjunto com a transmissão automatizada PowerShift de seis marchas e dupla embreagem, que também vai equipar as demais versões do carro.

Além do turbo, o motor EcoBoost é dotado de injeção direta de combustível, duplo comando variável de válvulas, bomba variável de óleo, correia banhada em óleo, coletor integrado ao cabeçote, sistema duplo de aquecimento e arrefecimento e sistema de resfriamento dos pistões por jato de óleo.

De acordo com dados da marca, o hatch alcança os 100 km/h em 9,6 segundos e tem consumo de 12,2 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada.

Ford Fiesta 1.0 EcoBoost

Ford Fiesta 1.0 EcoBoost

Entre os equipamentos, o Fiesta SE 1.0 EcoBoost deverá seguir a linha do 1.6, com airbags frontais, freios ABS com EBD, direção elétrica, ar-condicionado, vidros nas quatro portas, travas e retrovisores elétricos, sistema de som MyConnection com entradas USB e para iPod e conexão Bluetooth, computador de bordo, banco traseiro bipartido e cintos de segurança e encosto de cabeça para todos os ocupantes.

Já o Fiesta SEL 1.0 EcoBoost vai dispor de faróis de neblina, rodas de liga-leve de 15 polegadas, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, sistema SYNC com AppLink e assistência de emergência, sensor de estacionamento traseiro, chave My Key programável, ar-condicionado e vidros elétricos com fechamento pela chave.

Quanto aos preços, levando em consideração que o Titanium Plus 1.0 EcoBoost custa R$ 1,3 mil a mais que o modelo 1.6, é de se esperar que o SE 1.0 EcoBoost seja oferecido por R$ 59,5 mil (cerca de R$ 7,5 mil a mais que o SE 1.6 devido a transmissão automatizada) e o SEL 1.0 EcoBoost por R$ 66,3 mil.

»crosslinked«