Honda Brio 2012

A Honda apresentou nesta quinta-feira o Brio, seu hatch compacto com pretensões mundiais que incluem o Brasil, claro. O modelo é praticamente idêntico ao protótipo mostrado há alguns meses num salão tailandês. Aliás, a apresentação oficial ocorreu lá mesmo na Tailândia.

Olhando as fotos do Brio, chego à conclusão que não existe mesmo milagre quando se trata de projetar um carro pequeno e barato. A Toyota e a Honda estão sentindo na pele o que é ter que pensar num veículo em que você é obrigado a escolher entre a cruz e a espada.

No Brio, por exemplo, basta olhar o banco traseiro para ver o quanto a Honda economizou. Além de parecer apertado (lembra o Ka), os encostos de cabeça são simplórios e a montadora garante que ele leva três pessoas atrás. O porta-malas também não dá pinta de carregar lá muita bagagem.

A solução da tampa do porta-malas, aliás, foram inspiradas no Volvo C30. Transparente, ela é emoldurada por um filme escuro. O painel embora simples parece ter bom acabamento. O motor é um 1.2 i-VTEC com 90 cv de potência e que é capaz de rodar 14 km com um litro na cidade.

Se o Brio em comprimento é menor que o Uno (3,61 m contra 3,69 m), o Honda compensa em altura e largura: são 1,48 m contra 1,45 do Fiat, e 1,68 m contra 1,65 do Ford Ka, respectivamente.

Na Tailândia, o carrinho custará o equivalente a R$ 20 mil, mas não existe ainda uma lista de equipamentos das versões.

Aqui ele deverá ser produzido em 2012 na fábrica de Sumaré e pode apostar que vai custar mais de R$ 30 mil, talvez muito mais.

Honda Brio 2012

Honda Brio 2012

Honda Brio 2012

Honda Brio 2012