Mercedes-Benz Classe A 2013

Do antigo? Só restou o nome. Esqueça de vez a vocação totalmente familiar das antigas gerações do Classe A. Desta vez, o Mercedes-Benz se transformou em hatch e apostará principalmente no público jovem. Atração da marca alemã no Salão de Genebra, a nova geração do Classe A adotou um visual bastante esportivo dentro da nova filosofia de design da MB, com direito a frente imponente e vincos marcantes nas laterais.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

Logo na dianteira do Mercedes-Benz Classe A 2013, notam-se os faróis volumosos com corte que acompanha a grade, que inclusive tem dois frisos na parte central que ostenta o logotipo de estrela da montadora germânica (na versão AMG, há apenas um friso). O capô exibe vincos que segue o desenho da grade. O para-choque, por sua vez, tem um desenho bastante agressivo, marcado pelos vincos e pelas tomadas de ar.

Mercedes-Benz Classe A 2013

Partindo para a lateral, logo dá para ver uma dupla de vincos bastante precisos. O primeiro nasce no farol dianteiro e termina na porta da segunda fileira de bancos, enquanto o segundo tem início na caixa de roda dianteira e termina nas extremidades das lanternas traseiras. Os retrovisores e maçanetas são bem semelhantes à de outros modelos da Mercedes.

Na traseira o destaque vai para as lanternas, com desenho tanto quanto convencional e que invadem as laterais do carro. O para-choque tem desenho convencional, mas na versão esportivo ganha defletores e novas linhas. Por dentro, o acabamento é esmerado, e conta com painel revestido em couro e saídas de ar que remetem a turbinas de aviões, copiadas do SLS.

Mercedes-Benz Classe A 2013

Para enfrentar a árdua concorrência (leia-se Audi A3, BMW Série 1 e Volvo V40), o Classe A será oferecido em três versões de acabamento: Urban, Style e AMG Sport. Estará a disposição do consumidor seis opções de motorização: 1.6 litro turbo (115 e 156 cv), 2.0 litros turbo (109, 136 e 211 cv) e o 2.2 litros turbo de 170 cv.

Todos vem equipado com o sistema start/stop, e transmissão manual de seis velocidades. O câmbio automatizado de sete marchas será oferecido como opcional. Os motores poderão vir equipados ainda com a tração integral 4Matic.

Sua chegada no mercado brasileiro não foi anunciada, mas deverá ocorrer em meados do ano que vem.

[nggallery id=126]