Mitsubishi Lancer Evolution X preparado pela BTS Performance

Mitsubishi Lancer Evolution X preparado pela BTS Performance

O Mitsubishi Lancer Evolution X já foi descontinuado, devido ao plano da fabricante japonesa em focar em utilitários-esportivos. Todavia, é possível encontrar exemplares seminovos do sedã bastante interessantes. Um deles é o oferecido pela BTS Performance, empresa de preparação do aclamado Batistinha, de ano/modelo 2010/2011, com 40.295 quilômetros rodados. A unidade se destaca pelo aparato mecânico.

Assista o vídeo: Papo de piloto como Chico Serra

Na motorização, o Lancer Evolution X preparado usa o mesmo motor 2.0 litros de quatro cilindros, mas com uma série de aprimoramentos, capazes de fazer a potência saltar para 500 cavalos (contra os 295 cv do modelo original). Entre os diferenciais, há pistões de bielas Cosworth forjados; parafusos ARP; comando AMS; válvulas de aço inox; cabeçotes retrabalhados em banco de fluxo; cárter de alumínio Billet; bomba de óleo de alto volume, entre outros.

Há ainda Cath Oil de alumínio; coletor dimensionado da turbina seccionado em inox; turbo Garrett GTX3071R; intercooler de alumínio AMS; Cold Air Intake de fibra de carbono; escapaemento totalmente de titânio; down pipe de aço inox seccionado customizado; coxins de motor de competição; sistema de pressurização em aço inox.

Na alimentação, o carro usa bicos ID1000; réguas dos bicos Billet; linha de combustível em Aeroquip; Cash Tank de alumínio Billet; tanque de competição de plástico; bomba de combustível externas; respiro do tanque customizado e combustível E85.

Mitsubishi Lancer Evolution X preparado pela BTS Performance

Mitsubishi Lancer Evolution X preparado pela BTS Performance

Ainda no conjunto mecânico, o Mitsubishi Lancer Evolution X preparado recebeu câmbio com cárter de alumínio de maior capacidade; bomba de óleo de câmbio externa; radiador de câmbio com ventoinha; embreagem Dodsom com carcaça Billet; volante de motor de alumínio e cardãs de fibra de carbono.

O conjunto de freios traz discos de competição mais leves; pastilhas de competição; flexíveis de freio Aeroquip; mangueiras de refrigeração do freio e óleo de freio de alta temperatura. Já na suspensão, o esportivo recebeu molas de competição; bandejas traseiras Billet; buchas reforçadas; buchas de cáster dianteiras; barras estabilizadoras de competição com regulagem; Coil Over com regulagem e cáster e camber plate.

Já no visual, os diferenciais ficam por conta de faróis Smoke com LEDs; entradas de ar no para-choque dianteiro de fibra de carbono; capô com saídas de ar em alumínio; para-lamas dianteiros Wild de fibra de carbono; spoiler dianteiro de fibra de vidro; Split dianteiro de alumínio e saia traseira de fibra de carbono. Há também rodas Enkei de 18 polegadas, calçadas com pneus Pirelli Trofeo R 265/645-18.

O resultado disso tudo é um tempo de 1.46.8 em Interlagos.

Para os interessados, a BTS Performance disponibiliza o e-mail [email protected] e o telefone (11) 94532-6704 (tratar com Fernando).

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Mitsubishi Lancer Evolution X com preparação chega a 500 cv

»crosslinked«