Hyundai Veracruz 2013

A Autoesporte publicou na edição passada como deverá ser o novo Hyundai Veracruz, crossover de grande porte que vende bem no Brasil. As imagens, que você vê aqui, surgiram num fórum coreano, segundo o artista que as usou para criar as fotomontagens da revista, o Renato Aspromonte.

Caso se confirme, na minha opinião, o tão falado estilo “escultura fluida”, da Hyundai, já dá mostras de ter chegado ao limite. Ousado, o atual design da marca coreana sempre me pareceu daqueles que cansam rápido. Primeiro geram um impacto imenso, reconheço, para depois enjoarem. Confesso que o Sonata, por exemplo, me impressionava das primeiras vezes que o via nas ruas. Agora, já me incomoda. E com vocês?

Mas, voltando ao Veracruz, achei que o crossover perdeu o ar de novidade. Está certo, tem uma frente bem forte, mas os faróis parecem tímidos e o capô avançado deve tomar nota zero em segurança de pedestres (rs). A traseira achei pior ainda: essa moda de lanterna que vai de ponta a ponta da carroceria me lembra os anos 80,90. E não é com saudade. Não é à toa que o ilsutrador da AE o retirou no seu desenho.

Claro que existem outro excelentes argumentos para tornar o novo Veracruz (previsto para o final do ano que vem) um sucesso, mas que o design “escultura fluida” já não surpreende, isso não tenho dúvida.

Hyundai Veracruz 2013