Alpine A110 2018

Alpine A110 2018

Hoje composta 100% por automóveis da Dacia, marca romena de baixo custo do grupo; a linha da Renault no mercado brasileiro pode ganhar um novo integrante de marca premium – haverá ainda a nova picape Alaskan e, provavelmente, o crossover de porte médium Koleos; ambos pertencentes à própria gama da fabricante francesa. A empresa está estudando o lançamento do novo Alpine A110 2018 em nosso País.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

De acordo com fontes ouvidas pelo site Autoesporte, o novo esportivo compacto (que chegou recentemente ao mercado europeu) está sendo estudado pela Renault. A empresa já tem planos de trazer três exemplares do Alpine para exibição por aqui; assim como aconteceu anteriormente com o Megane R.S. – que inclusive não vingou. Porém, ainda não se sabe quando essas unidades chegarão por aqui.

Alpine A110 2018

Alpine A110 2018

O novo Alpine A110 é equipado com um motor 1.8 litros turbo de quatro cilindros, com comando duplo no cabeçote; desenvolvido em parceria com a Nissan. Ele consegue desenvolver 255 cavalos de potência, a 6.000 rpm, e 36,2 kgfm de torque, entre 2 mil e 5 mil rpm. Junto a este propulsor está um câmbio automatizado de sete marchas e dupla embreagem; além do sistema de tração traseira.

De acordo com a marca francesa, o esportivo compacto consegue acelerar de 0 a 100 quilômetros por hora em 4,5 segundos; enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h.

Alpine A110 2018

Alpine A110 2018

O conjunto inclui ainda seletor de modos de condução; rodas de liga-leve de 18 polegadas; freios da Brembo com discos de 320 mm e pinças de quatro pistões na dianteira e flutuantes de um pistão na traseira; painel de instrumentos totalmente digital, entre outros.

Vale lembrar que o Alpine A110 fez sucesso no mercado brasileiro. A geração antiga do carro, baseada no Renault 4CV; foi oferecida por aqui como Willys Interlagos e acabou sendo conhecido como “Rabo Quente” devido ao motor posicionado na traseira. Ele contava com um motor 1.0, com dupla carburação, que rendia cerca de 70 cv. Este propulsor era suficiente para leva-lo aos 100 km/h em 14,1 segundos e atingir máxima de 160 km/h.

Confira o BlogAuto no: Youtube, Facebook, Google+, Instagram e Twitter.

Renault pode lançar novo Alpine A110 no Brasil

»crosslinked«