Royal Enfield Continental GT trabalhada pela Classic Riders Brasil

Royal Enfield Continental GT trabalhada pela Classic Riders Brasil

A Royal Enfield, que estreou no mercado brasileiro em abril deste ano; marcou presença pela primeira vez no Salão Duas Rodas, em novembro na cidade de São Paulo. O estande da marca foi palco de exibição para a atual linha de motocicletas disponíveis em nosso mercado (três ao total); sendo cada uma com uma versão customizada exclusiva, revelada de forma inédita no evento.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

“Estamos muito satisfeitos em apresentar a Royal Enfield para toda a indústria de motociclismo e clientes não só do Brasil, mas de toda a América Latina. Nosso primeiro ano no Salão Duas Rodas é muito importante para alcançarmos um público maior, que vai muito além de São Paulo, e também é uma prova do compromisso firmado com o País. Estamos aqui para ficar por muito tempo. Desde o lançamento, tivemos um retorno encorajador de apaixonados por motocicletas, que mostraram grande interesse no que a Royal Enfield traz ao Brasil”; explica Claudio Giusti, diretor geral da Royal Enfield no Brasil.

Royal Enfield Bullet 500 customizada pela Bendita Macchina

Royal Enfield Bullet 500 customizada pela Bendita Macchina

“Nossas motocicletas de média cilindrada vêm preenchendo uma lacuna de opções evocativas e de preços acessíveis nesse segmento. Nosso objetivo no primeiro ano é mais do que vender motocicletas, é fazer com que o motociclista compreenda o caráter da marca e de seus produtos. Para isso, queremos oferecer uma experiência de pilotagem contínua, dentro e fora da cidade de São Paulo. Realizamos mais de 3.000 test rides em sete meses“; finalizou o executivo.

Um dos destaques foi a série Redditch da linha Classic 500, disponível nas cores azul, verde e vermelho. O modelo é inspirado no local de nascimento da marca (Redditch, no Reino Unido).

A empresa apresentou também a Bullet 500 customizada pela Bendita Macchina e transformada em uma scrambler. Entre os diferenciais, a motocicleta apresentou um escapamento mais alto com saída para cima; quadro B do chassi reestruturado para receber um novo banco; capa da suspensão retrabalhada; laterais realocadas; novos para-lamas, lanternas e piscas; guidão com barra estabilizadora; pneus de uso misto e tanque com nova pintura.

Royal Enfield Classic 500 personalizada pela Johnnie Wash

Royal Enfield Classic 500 personalizada pela Johnnie Wash

Já a Classic 500, que é a moto mais vendida da Royal Enfield na Índia e também no Brasil; foi transformada em uma Bobber pela Johnnie Wash. A motocicleta traz tanque e bengala em alumínio; base do chassi modificada com balança traseira alongada; mesa superior refeita; pneus radiais aro 19 com desenho diferenciado e linha de freio reposicionada; tanque de óleo como suporte de parte elétrica e piscas, lanternas e guidão totalmente novos.

Por fim, a café racer Continental GT ganhou customização de retro racer da Classic Riders Brasil; com carenagem em alumínio; cor inspirada nas motocicletas atuais e outros detalhes que remetem às café racer dos anos 60 e dos dias de hoje.

Confira o BlogAuto no: Youtube, Facebook, Google+, Instagram e Twitter.

Royal Enfield aparece pela primeira vez no Salão Duas Rodas

»crosslinked«