Toyota Etios Cross

Toyota Etios Cross

Do lado de fora da fábrica, nós, jornalistas e leitores, só podemos imaginar o que se passa na cabeça de executivos, engenheiros e designers das montadoras. Muitas vezes, crucificamos alguns profissionais talvez até de forma injusta como se uma pessoa fosse responsável por um produto ruim. Mas a verdade é que a equação é bem mais complexa.

Claro que mesmo com projeções, pesquisas e o expertise de vários executivos experientes o risco de errar é grande, mas não devemos pensar que os passos seguintes são impensados. É o caso do Etios, da Toyota.

O compacto é claramente um erro de estratégia, não há dúvida. Mas poderia ter dado certo caso a imagem da marca compensasse o design apagado e o interior pobre. Ou, então, se tivesse chegado antes, como era o plano inicial.

Mas não, os pontos fracos do carro foram subestimados e, um ano depois do lançamento, ele ainda está aquém do que poderia vender. A fábrica de Sorocaba é imensa e hoje a demanda está apenas razoável, depois de uma fase em que a Toyota precisou promover o modelo mesmo sendo novo.

Toyota Etios Cross

Toyota Etios Cross

Provavelmente, os estrategistas da marca desenharam alguns cenários para o carro. Se fosse bem, maravilha. Se fosse muito mal, poderia se antecipar alguma mudança mais pesada. Se fosse de razoável para ruim, sacariam uma leve repaginada no interior, como fizeram recentemente. E sacariam o Toyota Etios Cross, para recolocar o carro na mídia.

Bem, essa nossa suposição acaba de chegar ao mercado. A versão aventureira do Toyota Etios tem pinta de absurdo, afinal como “plastificar” um carro que já é feio, alguns poderão dizer. Mas pode, sim, tirar um pouco do estigma de veículo “indiano” e mostrar alguma esportividade.

Se isso ocorrer, de fato, a Toyota colherá os louros nas outras versões já que o cliente pode pensar que seu carro não é feio, “basta ver que o Etios Cross chama a atenção”.

Toyota Etios Cross

Toyota Etios Cross

Bem, isso tudo é uma teoria. A outra é que o Toyota Etios Cross pode ridicularizar ainda mais o modelo com os exageros estéticos dignos da Fiat e sua série Adventure.

Como se imagina, a versão aventureira é apenas uma ideia no papel. Não tem suspensão elevada ou pneus de uso misto, para dizer que tem algum tipo de capacidade de encarar uma estradinha esburacada.

Veja também: Como trabalhar para uma fábrica de automóveis?

O preço, de R$ 45.690, significa pagar pouco mais de R$ 2 mil pelos apliques na carroceria e no interior. Não é à toa que a Toyota espera vender 300 unidades por mês da versão. Como se vê, por si só, o Toyota Etios Cross não vai tirar o modelo da lama, mas pode mudar um pouco a imagem do veículo. E isso agora é o mais importante para a fabricante japonesa.

Galeria Toyota Etios Cross 2014

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no Google+.