JAC T5 CVT

JAC T5 CVT

Eis o primeiro carro da JAC Motors a oferecer opção de câmbio automático no mercado nacional. A montadora chinesa anunciou recentemente a chegada do novo T5 CVT, crossover compacto de entrada na linha da empresa no País que, como o próprio nome indica, oferece transmissão automática continuamente variável. O novo modelo já está disponível nas concessionárias e custa R$ 69.990, mesmo preço da versão com câmbio manual.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

De acordo com a fabricante, o novo JAC T5 CVT chega para atender os consumidores de SUVs automáticos, que responde por mais de 75% das vendas no segmento.

“Para realizar esse lançamento, conseguimos posicionar o T5 CVT em uma faixa de preços em que competem apenas concorrentes de entrada e com câmbio manual. Numa comparação direta com um dos principais players do segmento, o T5 é mais equipado e custa R$ 20 mil a menos! Temos grandes expectativas de vendas com esse carro”, aposta Sergio Habib, presidente da JAC Motors.

JAC T5 CVT

JAC T5 CVT

O câmbio automático que equipa o JAC T5 CVT foi desenvolvido pela empresa Punch Power Train, na Bélgica, e é dotado de três modos: D (Drive), ou modo de condução normal, objetivando conforto e economia de combustível; S (Sport), ou modo esportivo, que conta com “trocas de marchas” em altas rotações, visando um melhor desempenho; e Sequencial ou Manual, onde o condutor comanda o instante em que quer realizar as trocas de marcha.

Por se tratar de uma caixa CVT, não há “marchas reais”. Todavia, essa unidade oferece seis marchas virtuais, que podem  ser  comandadas  por  uma  pequena alavanca  no  console  central  identificada  por “+”e “-”,  ou  trocas  ascendentes  e reduções, respectivamente.

Outro recurso é o WIN, que permite melhor rendimento nas arrancadas em pisos escorregadios, como lama, por exemplo, à medida que bloqueia o câmbio numa relação mais longa para evitar que as rodas motrizes patinem nas arrancadas.

Junto a esta transmissão está o motor 1.5 litro JetFlex, com quatro válvulas por cilindro e variador de fase no comando de admissão (VVT), que desenvolve 125 cv com gasolina e 127 cv com etanol, a 6.000 rpm, e torque de 15,5 e 15,7 kgfm, respectivamente, a 4.000 rpm. Este propulsor dispensa o uso de tanquinho de gasolina para partidas a frio.

JAC T5 CVT

JAC T5 CVT

Segundo dados da JAC, o T5 CVT acelera de 0 a 100 km/h em 12,3 segundos e tem velocidade máxima de 192 km/h.

Entre os equipamentos, o destaque vai para o controle de cruzeiro (não disponível nas versões com câmbio manual). Há ainda sistema multimídia com tela sensível ao toque de oito polegadas, mirror link para espelhamento da tela de smartphones conexão HDMI e Bluetooth, leitor de MP3 e entradas USB e SD card; ar-condicionado digital e automático; trio elétrico; alarme antifurto; direção com assistência elétrica; computador de bordo; banco do motorista com ajuste de altura; banco traseiro bipartido; rodas de liga-leve de 16 polegadas; freio a disco nas quatro rodas e faróis com regulagem elétrica de altura.

A lista inclui também airbags frontais; controle eletrônico de estabilidade e de tração; assistente de partida em rampas; freios ABS (antitravamento) com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e BAS (assistência para frenagens de pânico); BOS (pedal inteligente de freio); sensor de estacionamento traseiro; câmera de ré; alarme antifurto; sistema de monitoramento da pressão dos pneus; Isofix para fixação de cadeirinhas infantis; faróis e lanternas de neblina; cintos de três pontos e encostos de cabeça para todos os ocupantes, entre outros.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Tudo sobre o JAC T5 agora com transmissão CVT

»crosslinked«