Volkswagen Virtus 2019

Volkswagen Virtus 2019

Finalmente o Volkswagen Virtus fez a sua estreia mundial, infelizmente só vamos andar nele no final de janeiro do ano que vem, mas o carro global que foi desenvolvido no Brasil por brasileiros, fez uma aparição com pompa. Primeiro sedã construído sobre a Estratégia Modular MQB no País.

Inscreva-se no Canal do BlogAuto no YouTube, vídeos novos todo dia.

O Volkswagen Virtus contará com opções de motor e de transmissão que serão oferecidas de acordo com as particularidades de cada mercado. No Brasil, o grande destaque será o conjunto mecânico do motor TSI de até 128 cv e transmissão automática de seis velocidades, o mesmo que já equipa o Polo na versão 200 TSi.

O Virtus 2019 traz a linguagem visual até a coluna “B” exatamente igual ao do Polo, daí para trás tudo é inédito e desenvolvido aqui no Brasil. O destaque da parte dianteira é o vinco que margeia a entrada de ar e corta o espaço entre o conjunto ótico principal e os faróis de neblina.

A lateral do Virtus adota a linha dupla em forma de flecha na lateral. Da coluna “B” (aquela entre as portas) para trás, o modelo traz traços ainda mais alongados e fluídos. Com 4,48 metros de comprimento, um dos maiores entre os seus concorrentes diretos. Como base de comparação, ele é 42,5 centímetros mais comprido do que o Polo, também desenvolvido sobre a Estratégia Modular MQB.

Grande destaque a traseira traz grandes lanternas. Elas conectam os para-lamas com a tampa do porta-malas e têm um ângulo reverso, semelhante às do Jetta. Outro destaque é o defletor na região superior da tampa, evidenciando o visual esportivo. A placa fica bem ao centro da tampa do porta-malas, entre as lanternas. O para-choque conta com um uma moldura na parte inferior, que atravessa toda a traseira.

Volkswagen Virtus 2019

Volkswagen Virtus 2019

A distância entre-eixos no Virtus é de 2,65 metros (exatamente a mesma do Jetta atual), isto é: 8,5 cm a mais do que a do Polo. Mais um benefício da flexibilidade da Estratégia Modular MQB. A altura é de 1.468 milímetros (4 mm a mais do que a do Polo) e a largura é a mesma: 1.751 mm.

Com dimensões suficientes para acomodar três adultos no banco de trás com conforto, o Virtus tem acesso a bordo facilitado pelo amplo ângulo de abertura das portas traseiras, que são maiores em relação às do Polo. São 521 litros de capacidade no porta-malas.

Volkswagen Virtus 2019

Volkswagen Virtus 2019

O Volkswagen Virtus traz o painel compartilhado com o Polo, com a segunda geração do Active Info Display, sistema Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas e aparência de smartphone, além de três entradas USB, entre outros itens. O Discover Media permite o espelhamento de smartphones por meio das plataformas Mirrorlink, Apple CarPlay e Android Auto. No Active Info Display, os instrumentos são implementados virtualmente via software. Informações de navegação podem ser mostradas em 2D ou 3D, em uma tela de 10,25 polegadas, do tamanho de um tablet.

Dependendo do mercado, o Virtus poderá ser equipado com o motor 200 TSI e transmissão automática de 6 marchas. Essa transmissão oferece a opção de trocas manuais sequenciais Tiptronic, operada por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas (“shift paddles”) no volante.

Volkswagen Virtus 2019

Volkswagen Virtus 2019

A potência máxima desse motor é de 128 cv com etanol e 115 cv com gasolina a 5.500 rpm, com torque máximo de 20,4 kgfm, com gasolina ou etanol, de 2.000 a 3.500 rpm. Equipado com esse motor, o Virtus acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e atinge velocidade máxima de 194 km/h (dados com etanol).

Quando equipado com o motor 200 TSI, o Virtus é equipado de série com ESC – Controle Eletrônico de Estabilidade. Esse sistema reconhece um estágio inicial de que uma situação de rodagem crítica essa para acontecer. Compara os comandos do motorista com as reações do veículo a esse comando. Se necessário, o sistema reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até atingir a condição de estabilidade.

Volkswagen Virtus 2019

Volkswagen Virtus 2019

Veja também: Os carros mais velozes das últimas 8 décadas

O ESC engloba vários outros recursos eletrônicos de assistência: HHC (Hill Hold Control) ou controle de assistência de partida em rampa, HBA (Hydraulic Brake Assist system) ou BAS, XDS+ ou bloqueio eletrônico do diferencial, BSW (Bremsscheibewischer – Limpeza Automática dos Discos de Freio), RKA+ (Monitoramento da pressão dos pneus), entre outros.

Agora aguardar para em janeiro de 2018 realmente testar o carro e saber preços e versões.

 

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Volkswagen Virtus 2019 faz sua aparição mundial

»crosslinked«