Chery Celer 2015 Hatch

Chery Celer 2015 Hatch

O primeiro produto nacional da chinesa Chery finalmente chegou, com várias novidades exclusivas para o mercado brasileiro. O Chery Celer 2015 chegou às concessionárias da marca no final de abril e BlogAuto teve a oportunidade de conhecê-lo.

A versão nacional recebeu o mesmo facelift visto na China, além de vários melhoramentos internos para agradar o gosto do brasileiro. Disponível nas versões hatch e sedã, o Celer pretende disputar um mercado difícil, onde sobram o Onix e o HB20, entre outros. Veja o que achamos do carro a seguir:

O desenho da carroceria do compacto, das rodas, do painel e do ambiente interno como um todo é muito feliz – o Chery Celer 2015 é bonito. Só a traseira do sedã é que não empolgou.

O Chery Celer 2015 também agradou nos detalhes como, por exemplo, o bom tecido usado no teto, a preocupação em esconder parte dos ferros de suporte inferior dos bancos com capas plásticas (como referência, a Captiva não tem essa preocupação), os diversos porta-trecos em todo o carro – inclusive de copos nas quatro portas, as buchas de borracha no apoio do tampão traseiro do porta-malas no modelo hatch, a luz interna do porta-malas, o puxador interno da tampa do porta-malas para facilitar o fechamento, entre muitos outros detalhes. Um legal: no painel ao lado esquerdo do volante há uma regulagem de altura dos faróis (me lembrou do lançamento do Peugeot 206 em 1998).

As portas do Chery Celer 2015 possuem dobradiças bem firmes (lembram as do Peugeot 408), o que exige um pouco mais de força até que um vinco de posição estável seja atingido.

Ainda existe muito plástico duro, é verdade, mas não há um pedaço sequer da carroceria exposto na parte interna do veículo. Reconheço que a Chery do Brasil fez um bom trabalho de melhoria neste carro em relação ao modelo anterior.

Chery Celer 2015 Sedã

Chery Celer 2015 Sedã

Eu tenho 1,80 m de altura, então um bom teste que sempre faço é me sentar no banco do motorista, regular uma posição confortável, e em seguida me sentar atrás. O espaço é suficiente, mas não planeje viajar longas distâncias se sua família tem essa altura – meu joelho encosta no banco dianteiro, e não consigo apoiar a parte inferior das coxas no banco, quando estou atrás.

E OS DADOS TÉCNICOS?

Vamos lá: O Chery Celer 2015 teve lançadas duas carrocerias, hatch e sedã, e cada uma tem duas versões: a de entrada (que já é completa – ar condicionado, direção hidráulica, freios antibloquenates (ABS), distribuição eletrônica de frenagem (EBD), air-bags duplos dianteiros).

Chery Celer 2015

Chery Celer 2015

Já a ACT, que se diferencia ao trazer rodas de liga leve aro 15 polegadas, seis alto-falantes (a mais simples tem dois), faróis de neblina, alarme antifurto, rádio CD player com MP3 (a outra só tem rádio com MP3), mas para as duas versões tem disponível uma central multimídia completa, como opcional por R$ 1.800,00, que recomendo.

Não tem câmbio automático, por enquanto – só manual de 5 marchas + ré. A Chery ainda estuda se vai ou não trazer uma caixa de mudanças automática (eu recomendo trazer). Muitos podem dizer que este segmento não se preocupa com isso, mas os números de vendas de automáticos subcompactos me dizem o contrário.

Chery Celer 2015 Hatch

Chery Celer 2015 Hatch

O motor 1.5 litro Flex do Chery Celer 2015 é comum a toda a linha, e rende bons 113 cv a 6.000 rpm no etanol, e 108 cv na mesma rotação se abastecido com gasolina. O torque máximo se dá aos 4.000 rpm (15,5 kgfm no etanol e 14,3 kgfm com gasolina) e a tração é dianteira. O carro não é leve, pesa 1.210 Kg, portanto um motor menor não daria conta do recado.

Chamou a atenção a capacidade do porta-malas (que no sedã tem uma porta que se abre muito, junto com o vidro traseiro, como nos cupês) – 380 litros no hatch, e 450 litros no sedã. Bom.

Chery Celer 2015 Sedã

Chery Celer 2015 Sedã

Freios a disco dianteiros e a tambor traseiros. A alavanca de câmbio melhorou em relação ao modelo anterior, mas ainda faz um pouco de barulho, embora bem mais precisa. E a suspensão foi elevada em 10 mm em relação ao anterior, portanto mais adequado às lombadas, valetas e buracos brasileiros. O atual índice de nacionalização atual do Chery Celer 2015 é de 35%, e irá progredir conforme o fabricante avance na seleção e homologação de novos fornecedores no Brasil – que segundo a Chery é uma busca constante.

PREÇOS, GARANTIA E AFINS

O Chery Celer 2015 hatch básico parte de R$ 38.990,00, enquanto a ACT começa em R$ 40.990,00 (por essa diferença fique com a ACT). A versão sedã básica tem sua base em R$ 39.990,00, e a ACT custa R$ 41.990,00.

Chery Celer 2015

Chery Celer 2015

O multimídia é o único opcional, pelos R$ 1.800,00 que comentamos acima (também recomendo, pois é original e está mais barato do que um paralelo de boa qualidade).

A garantia é de 3 anos, e o carro ainda possui 1 ano de Chery Assistance. Ressalto que a Chery tem 72 concessionárias no Brasil, está abrindo mais 5 este ano, e sua fábrica está localizada em Jacareí – interior de São Paulo.

Veja também: 10 carros mais caros em 2014 nos leilões

TEST DRIVE

Confesso que me surpreendeu o conforto ao rodar do novo Chery Celer 2015. Seu comportamento lembra um pouco o do Palio, pela calibração mais macia da suspensão. O motor mostrou vigor e equilíbrio, mesmo ao forçar altas marchas em baixa rotação. Levado próximo dos limites, não é um desempenho que chega a imprimir empolgação, afinal estamos falando de um motor 1.5 litro, mas apresentou confiança e segurança para ultrapassagens. E seu nível de ruído interno agradou, pelo menos neste veículo de teste para a imprensa.

Galeria Chery Celer 2015

Otavio Beppler – Especial para o BlogAuto

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no  Google+.

Avaliação: Chery Celer 2015, o chinês virou nacional

»crosslinked«