Capítulo 2 – O Rei está só

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4x4

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4×4

Na grande disputa pelo trono, o irmão gêmeo da família americana percebeu que se preparando melhor, se tornando forte e mais capaz, poderia conquistar um novo reino no alto das montanhas, onde ninguém havia chegado e de lá reinar só e sem disputas. Foi o que fez. ‘Escalou a montanha’ com uma habilidade nunca vista naquelas terras e estabeleceu um reinado forte, que dificilmente será desafiado, pelo menos, por enquanto.

Quer parcelar os débitos do seu carro? Faça tudo online: licenciamento, IPVA e multas sem todo o processo burocrático. Saiba mais, clicando aqui.

O reino que falamos é o do utilitários esportivos compactos movidos a diesel. O Jeep Renegade 2016 apresenta o único diesel do segmento no País, o 2.0 MultiJet II turbo tem 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 kgfm a 1.750 rpm, traz a tecnologia MultiJet de segunda geração, patenteada pela Fiat Powertrain. Esse sistema common rail (duto único) controla a injeção de combustível em alta pressão (até 1.600 bar).

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4x4

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4×4

A turbina VGT, de geometria variável, combina potência em alta velocidade e muito torque em baixas rotações. Além disso, o virabrequim tem contrapesos desenvolvidos para reduzir as vibrações em giros altos, entre outros recursos que garantem níveis reduzidos também de ruído e aspereza. A eficiência energética do 2.0 MultiJet II turbo, aliada ao tanque com capacidade de 60 litros, dão ao modelo uma grande autonomia, permitindo viagens, como ir do Rio de Janeiro a São Paulo e voltar, sem abastecer.

O Jeep Renegade 2016 também se torna referência por ser o primeiro SUV compacto do mundo a ter câmbio automático de nove marchas. Única transmissão combinada ao motor turbodiesel 2.0 MultiJet II, ela proporciona muitos benefícios, como acelerações fortes, entrega progressiva do alto torque de 35,7 kgfm em qualquer situação e funcionamento suave mesmo em velocidades altas – a 120 km/h o ponteiro do conta-giros marca somente 1.000 rpm.

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4x4

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4×4

Trazendo a tecnologia 4×4 da nova geração do Jeep Cherokee, lançado no final do ano passado, o Jeep Renegade 2016 é capaz de enviar até 200 kgfm de torque para as rodas traseiras, se for preciso, para otimizar a aderência.

O sistema inclui ainda o controle de tração Selec-Terrain, que entrega até cinco modos de operação: Auto (automático), Snow (neve), Sand/Mud (areia/lama) e o exclusivo Rock (pedra) na versão Trailhawk, para o melhor desempenho em qualquer terreno e sob qualquer condição climática.

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4x4

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4×4

A versão TrailHawk traz os seguintes diferenciais:

  • Sistema Selec-Terrain com exclusivo modo Rock (pedra)
  • Suspensão elevada em 2 cm, para chegar a 22,3 cm de altura livre do solo
  • Placas inferiores de proteção e ganchos vermelhos na frente (2) e atrás (1), pelos quais se pode não apenas rebocar, mas içar o carro
  • Para-choques especiais, que ajudam a oferecer ângulos muito favoráveis no fora de estrada: 31,3° de entrada, 22,8° de rampa e 33° de rampa
  • Rodas exclusivas de 17 polegadas, com pneus de uso misto
  • Até 48,3 cm de capacidade de submersão
  • Até 1.500 kg de capacidade de reboque (com freio)

Veja também: 10 carros mais caros em 2014 nos leilões

O BlogAuto testou o Jeep Renegade 2016 Trailhawk por trilhas na região de Niterói e não eram trilhas para qualquer carro não, e o Jeep mostrou que o logotipo aprovado na trilha Rubicon, não estava lá por acaso, passando em subidas, lama e facões profundos – o modelo não exitou nenhuma vez, além de não mostrar qualquer ruído ou rangido de torção da carroceria.

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4x4

Jeep Renegade 2016 Trailhawk 4×4

A grande sacada de reservar a primeira marcha da transmissão como uma reduzida mostra que a tecnologia está para ser usada da melhor forma. O motor, que também é usado na Alfa Romeo na Europa, nos faz ter inveja dos habitantes do velho continente onde podem ter um motor tão eficiente, sem vibrações e ruídos em seus automóveis.

Realmente a capacidade off-road do Jeep Renegade 2016 Diesel impressiona, e dificilmente, vai te deixar na mão. O Rei está só.

“Avaliação: Jeep Renegade 2016, em dois capítulos”, apresentando as versões

“Capítulo 1: A Guerra pelo trono”, falando da versão Flex

Galeria Jeep Renegade 2016 Diesel

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no Google+.

Avaliação: Jeep Renegade 2016, em dois capítulos