Luiz Rosenfeld

Luiz Rosenfeld

O BlogAuto estreia uma nova coluna “Fale com o Presidente” na qual vamos entrevistar de forma descontraída os dirigentes das indústria no Brasil e exterior.

O nosso primeiro entrevistado é o Luiz Rosenfeld, presidente da Suzuki Veículos do Brasil.

A paixão por barcos e por automobilismo sempre mexeu com o Luiz Alberto Mange Rosenfeld, 59 anos. Aos 14 anos, começou a trabalhar para comprar seu primeiro barco e, aos 18, o primeiro carro. A partir daí, mergulhou no mundo dos carros de competição e, para se especializar no assunto, ingressou no curso de Tecnologia da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP).

Veja também: Os melhores SUVs do Brasil com preço até R$ 80 mil

Luiz sempre soube conciliar trabalho e espírito de aventura. Executivo da Ford, tirou licença para velejar durante dois anos pela costa do Brasil, em um barco que ele mesmo desenvolveu ao longo de três anos, e desde 2010 está na Suzuki.

Luiz Rosenfeld

Luiz Rosenfeld

BlogAuto: Como está a Suzuki no Brasil?

Luiz Rosenfeld: Está bem, conseguindo agora definir os planos futuros. Nós passamos um período longo para entender o InovarAuto e toda a regulamentação. Nos pegou no meio de um processo de construção de fábrica e produção local, que já havíamos decidido ainda em 2010 e nos obrigou a entender e redesenhar o futuro. Agora o futuro está pronto e estamos dando o primeiro passo com o Swift Sport.

BlogAuto: Qual é o papel que o Swift Sport vai ter na história da Suzuki no Brasil?

LR: O papel dele é de construir a marca e imagem, mostrar para o mercado o que já acontece em outros lugares, que a Suzuki é conhecida com uma marca de tecnologia e é capaz de atuar em um leque bastante amplo de produtos. O Swift é um carro esportivo com boa relação custo/benefício e, acima de tudo, um carro esportivo para usar no dia-a-dia.

BlogAuto: O Swift é um carro de nicho, não vai ser o seu líder de vendas…

Luiz Rosenfeld: Sem dúvida, é um carro de nicho, não temos expectativa de grandes volumes, é um carro de formação de imagem. Um carro para quem gosta muito de automóvel e de carros esportivos. Para mostra o leque que a Suzuki atua.

BlogAuto: E a fábrica no Brasil, como está a produção?

LR: A fábrica vai bem, o crescimento é passo a passo, o crescimento da marca no Brasil é para andar um pé depois do outro. Não temos nenhuma ansiedade de crescer com velocidade, mas temos vontade de crescer de forma sólida e cuidadosa.

BlogAuto: Quantos veículos já foram produzidos?

LR: Estamos perto de 4 mil carros produzidos. O nosso ritmo agora é de 250 carros por mês.

BlogAuto: Quando teremos um Suzuki Jimny Flex?

Luiz Rosenfeld: Nós temos alguns protótipos de Jimny Flex em avaliação, mas não quer dizer que a gente vá ter o Flex, nós não temos data, estamos estudando. Nós achamos que nem sempre Flex é o melhor compromisso.

BlogAuto: Isso não te atrapalha no InovarAuto?

LR: Não, logicamente que o Flex é um pouco beneficiado, mas não é o nosso foco maior colocar o flex para atender o InovarAuto. Se formos para o Flex vai ser porque é o melhor para nosso cliente. Nós não temos esta leitura no momento.

BlogAuto: Como a Suzuki no Japão enxerga o mercado brasileiro?

LR: O Japão entende que o mercado nacional é difícil, muito disputado, muitas marcas, mas muito promissor e grande. Ao mesmo tempo é um mercado que exige muito esforço para ter volumes significativos.

BlogAuto: Eles conseguem entender as regras do nosso mercado?

LR: Com certeza não, até nós temos dificuldades para entender.

BlogAuto: Com a chegada do Swift podemos esperar outros produtos importados?

Luiz Rosenfeld: Sim, com certeza, nós vamos ter outros lançamentos em breve.

BlogAuto: Já no salão?

LR: Sim, vamos apresentar outra novidade no Salão, não para venda imediata, para venda no ano que vem. (Nota: O BlogAuto descobriu em primeira mão o modelo, confira aqui)

BlogAuto: Fale um pouco sobre o projeto do Suzuki Jimny para o Rally do Sertões.

LR: Nós desenvolvemos o carro, já temos o Suzuki Adventure, com a categoria Fun e Pro, que são de regularidade, e a categoria Extreme que são de obstáculos com velocidade baixa. Agora fizemos dois carros para os Sertões a ideia é aprender sobre o carro e a equipe também vai aprender. A Ideia de desenvolver um carro de entrada para o Sertões.

BlogAuto: Como fica a diferença de preparação?

LR: É um carro da categoria production, que não tem nenhuma alteração de motor e suspensão, só amortecedores e molas Ohlins, que deu um pouco de trabalho para calibrar, mas o carro salta muito equilibrado e muito bem e pousa muito suave, que é fundamental para o acerto do rally Cross Country. Fora isso, o carro só tem reforços específicos de suspensão, itens de segurança, além de um tanque de maior capacidade com 120 litros de combustível.

BlogAuto: A Suzuki no Brasil pertence ao mesmo grupo de investidores da Mitsubishi. Que sinergia vocês possuem?

Luiz Rosenfeld: Sem dúvida, tem muita sinergia, todo o back office, financeiro, administrativo, importação nós aproveitamos sinergia das marcas. Agora marketing, mercado, o que é da porta para fora é totalmente separada, sendo competidores.

BlogAuto: Nesse processo de sinergia, com a pista do Velo Cittá, podemos esperar uma Copa Swift?

LR: Podemos, é um sonho. Nós somos apaixonados por automobilismo, nós não sabemos quando, mas vamos perseguir o sonho.

BlogAuto: Por que não veio o Suzuki Swift duas portas?

LR: Nós achamos que o mercado brasileiro aceita muito melhor o quatro portas.

BlogAuto: Agora uma pergunta pessoal, você é um ex-piloto de pista e anda com um Suzuki Jimny, vai mudar para um Swift?

LR: Eu tenho dois Jimny, provavelmente vou ficar com um apenas e um Swift.

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no Google+.

Fale com o Presidente: Luiz Rosenfeld, da Suzuki