Calibragem da suspensão em moto Harley-Davidson

Calibragem da suspensão em moto Harley-Davidson

Antes de pegar a estrada com sua motocicleta, para aproveitar o final de semana ou até mesmo para realizar uma viagem curta, é importante ter atenção com alguns itens, o que inclui a periodicidade das revisões de quilometragem, eventuais ruídos, o bom estado dos freios, condições dos pneus e cabos, limpeza correta, funcionamento normal do sistema elétrico, entre outros. Para ajudar os motociclistas, a Harley-Davidson divulgou uma série de dicas sobre manutenção de motocicletas.

No caso das motos da marca norte-americana, as revisões periódicas devem ser realizadas quando completar um ano de aquisição ou ao alcançar os 1.600 km rodados.

Checagem do aperto dos raios de roda

Checagem do aperto dos raios de roda

Os pneus calibrados de maneira correta são essenciais para ter uma viagem segura. Caso estejam fora dos limites adequados de pressão, por exemplo, os pneus podem influenciar diretamente na estabilidade de condução da moto. Logo, devem estar calibrados de acordo com os valores especificados no manual do proprietário de cada modelo.

Ao usar a motocicleta com pneus abaixo da pressão recomendada, a durabilidade é reduzida, o consumo de combustível sofre aumento e o risco de acidentes são maiores. Já quanto a pressão acima do recomendado, há redução da área de contato com o solo e, assim, a aderência do pneu, ampliando o risco de acidentes durante frenagem de emergência, além de reduzir o conforto, já que o pneu trabalha em conjunto com a suspensão.

Desmontagem do sistema de embreagem

Desmontagem do sistema de embreagem

As pastilhas de freio também merecem cuidado com relação à área de atrito e contato com os discos, já que em alguns casos contam com uma linha de referência que indica sua vida útil. O desgaste excessivo da área de atrito das pastilhas é o principal motivo de ruídos durante o acionamento do sistema de freio. Para solucionar este problema, basta substitui-las em uma oficina.  Outros motivos comuns são sujeira acumulada e o tipo de material empregado na fabricação das pastilhas, sendo necessário utilizar sempre peças originais durante os procedimentos de manutenção.

A vela de ignição, um dos componentes mais importantes no processo de combustão e funcionamento do motor, sofre desgaste com o passar do tempo e deve ser substituída. Durante os processos de manutenção da motocicleta a vela é removida e analisada visualmente pelo técnico para identificar problemas com a mistura de ar com combustível, além de averiguar a presença de contaminantes ou de queima irregular.

Fiação elétrica Rushmore

Fiação elétrica Rushmore

Já a respeito da bateria, no caso da marca Harley-Davidson as motos usam o componente do tipo AGM, que não carece de abastecimento com água ou qualquer outra solução. A motocicleta, quando inativa por longos períodos, tende a perder a carga acumulada e, em casos extremos, a capacidade da bateria de alimentar o sistema elétrico da moto, principalmente o funcionamento da partida. Dessa forma, é recomendado o uso periódico da motocicleta ou a remoção do cabo negativo da bateria (ou fusível Maxi) quando surgir essa necessidade.

A parte elétrica também deve receber cuidado especial. As panes elétricas podem ser causadas por conectores com folgas excessivas ou roteamento incorreto da fiação elétrica. Em alguns casos panes elétricas podem desativar o sistema de ignição e injeção, de modo a impedir o funcionamento da moto. Uma análise detalhada do sistema deve ser realizada por um técnico especializado para se garantir um diagnóstico seguro. É preciso ter cuidado na hora da limpeza da motocicleta, pois a utilização de aparelhos de alta pressão pode causar infiltração e danificar cabos e peças do sistema elétrico-eletrônico.

Troca do fluido de freio

Troca do fluido de freio

Em todas as revisões feitas em concessionária autorizada da H-D, a correia de transmissão é um dos itens inspecionado, com relação ao seu desgaste e folga. A correia não possui um tempo de vida útil estipulado, já que são feitas de material de longa duração (aramida ou fibra de carbono) que passam de 100 mil quilômetros. A limpeza da correia deve ser realizada pelo proprietário apenas utilizando pincel e água. A folga varia de modelo para modelo de acordo com as informações do manual de serviço.

Outro componente que não possui tempo estipulado para substituição é o filtro de ar. Durante a manutenção periódica, o técnico analisará as condições do mesmo com relação a perfurações e obstruções. Na maioria dos modelos é possível realizar a limpeza lavando com solução neutra e secagem em ar ambiente ou de baixa pressão.

Verificação da corrente da transmissão primária

Verificação da corrente da transmissão primária

A Harley-Davison chama ainda atenção quanto a segurança. O piloto e garupa devem estar equipados com capacete confortável, calçado fechado, jaqueta e calça com proteções. O capacete, apesar de não ter data de validade, é recomendado que seja substituído a cada três anos se tiver uso diário, por conta do contato intenso com intempéries como sol e chuva, por exemplo. No caso de envolvimento em acidentes ou quedas, o capacete deve ser descartado obrigatoriamente.

Para quem pretende passar muitas horas viajando é recomendado, além das manutenções em dia, descansar antes de pegar estrada e realizar paradas periódicas durante o percurso. Itens básicos de manutenção como vela, fusível, câmara de ar e ferramentas presentes no kit da motocicleta são úteis em caso de pequenas emergências.

A pilotagem na chuva requer manobras mais suaves e atenção redobrada. Evitar passar por acúmulos de água é importante, pois podem esconder buracos ou mesmo levar à aquaplanagem. Isso minimiza a eficiência do sistema de freio. Uma dica nessas situações é a combinação do freio dianteiro com o freio motor. Manter distância adequada, controlar a velocidade e evitar frenagens bruscas também garantem uma viagem mais segura.