Honda CBR 1000RR 2017

Honda CBR 1000RR 2017

A Honda apresentou recentemente no Salão de Colônia (Intermot), na Alemanha, a aguardada nova geração da CBR 1000RR. De acordo com a montadora japonesa, a nova esportiva topo de linha foi totalmente renovada, sendo mais leve, mais rápida e mais avançada tecnologicamente que qualquer outra geração da linha.

No visual, a nova motocicleta segue praticamente a mesma essência da geração anterior, sendo que o destaque vai para o conjunto óptico de LED, além dos novos grafismos.

Em comparação com a geração anterior, a Honda CBR 1000RR 2017 está 15 quilos mais leve, graças ao novo chassis, que é 10% mais flexível e 600 gramas mais leve que o anterior, utilização de magnésio em peças individuais, sub-chassi traseiro e braço oscilante com 300 gramas a menos cada, motor mais leve em dois quilos, carenagem reduzida em 24 mm, novas rodas de alumínio mais leves em 100 gramas, entre outros.

Com essas alterações, a nova Fireblade chega a 195 quilos. Ainda de acordo com a Honda, 65% dos componentes da motocicleta são totalmente novos.

Honda CBR 1000RR 2017

Honda CBR 1000RR 2017

Nas demais novidades, há suspensão semi-ativa Öhlins controlada eletronicamente, novo freios Brembo com sistema antitravamento, painel de instrumentos com tela TFT colorida de alta resolução com ajuste à luz ambiente, cinco modos de condução (1, 2 e 3), além do User 1 e do User 2, programáveis para ajustar o controle de tração, freio-motor e suspensão.

O motor da Honda CBR 1000RR é um quatro cilindros em linha, de 999 cv, com cabeças dos cilindros remodeladas, aumentando a taxa de compressão para 13:1. Com isso, o bloco está mais potente em 10 cavalos, chegando a 190 cv, que são entregues a 13.000 rpm, enquanto o torque aumentou para 11,6 kgfm.

A nova CBR 1000RR começará a ser vendida lá fora no ano que vem, para brigar com as também japonesas Yamaha YZF-R1 e Kawasaki ZX-10R. No entanto, ainda não se sabe quando a novidade chegará por aqui.