JAC J3 no Latin NCAP

JAC J3 no Latin NCAP

O Latin NCAP, órgão responsável por testar a segurança dos automóveis comercializados na América Latina e Caribe, divulgou nesta terça-feira, 13, os resultados da terceira fase dos testes de colisão, mais conhecido como “crash-test”. Ao total, oito modelos foram testados, sendo que, deste total, sete são vendidos no Brasil. O principal destaque, na parte dos veículos com melhor pontuação, foi o Etios que, conforme a Toyota havia divulgado durante sua apresentação à imprensa, obteve quatro estrelas para a proteção do motorista e passageiro e duas para a proteção para criança no banco de trás.

Descubra como ter um carro novo de forma inteligente e segura, sem preocupações. Saiba mais, clicando aqui.

Veja também: Inmetro divulga carros mais econômicos do Brasil

Renault Sandero no Latin NCAP

Renault Sandero no Latin NCAP

Na outra ponta da tabela, o J3, da JAC Motors, decepcionou. O modelo, até então considerado seguro por oferecer duplo airbag e freios antibloqueantes ABS de série, obteve uma pontuação inferior até mesmo ao do Chevrolet Celta, testado no ano passado, com apenas uma estrela para os ocupantes da frente e duas para a criança.

Toyota Etios no Latin NCAP

Toyota Etios no Latin NCAP

Ainda no segmento de carros compactos (e na parte das decepções), o Renault Sandero também obteve pontuação mínima, com uma estrela para o motorista e passageiro e duas para crianças. De acordo com uma nota divulgada pelo Latin NCAP, o Sandero conseguiu apenas uma estrela “devido ao desempenho instável de sua carroceria, bem como à falta de airbags”.

Volkswagen Polo Hatch no Latin NCAP

Volkswagen Polo Hatch no Latin NCAP

Na categoria dos automóveis considerados “compactos Premium”, mais surpresas. O Volkswagen Polo Hatch, um veículo com projeto de dez anos atrás, conseguiu quatro estrelas na proteção para o motorista e passageiro e três para a proteção para criança. O Ford New Fiesta Hatch, no modelo intermediário, equipado com dois airbags, também teve quatro estrelas, para ambos os casos. O Honda City também conseguiu quatro estrelas na proteção para os ocupantes da frente e para a criança. Nesses dois últimos casos, o uso do sistema do ISOFIX, para a fixação de cadeirinhas infantis no banco traseiro, foi fundamental para a pontuação.

Ford New Fiesta Hatch no Latin NCAP

Ford New Fiesta Hatch no Latin NCAP

Outro modelo que também conseguiu quatro estrelas foi o Renault Fluence, porém, no quesito proteção infantil, foram apenas duas estrelas. O Volkswagen Clássico/Bora, não vendido no Brasil, conseguiu apenas três estrelas, devido a sua fraca integridade estrutural.

Honda City no Latin NCAP

Honda City no Latin NCAP

“Os airbags não compensam uma pobre resistência estrutural, o Latin NCAP considera firmemente que os consumidores não devem ser confundidos pelos fabricantes que se descansam apenas nos airbags para oferecer uma falsa impressão de segurança. A inclusão de um airbag, apenas, não garante a segurança do carro. Assim sendo, tanto o público, quanto os governos, deve ser capaz de verificar a integridade estrutural do carro.  Isso se consegue mediante a aplicação dos padrões de testes de  batida das Nações Unidas (regulamentações R94 e R95), proporcionando aos consumidores a possibilidade de comparar  o desempenho em segurança dos diferentes modelos como o faz o Latin NCAP”, disse o comunicado do órgão.

Renault Fluence no Latin NCAP

Renault Fluence no Latin NCAP

Volkswagen Bora no Latin NCAP

Volkswagen Bora no Latin NCAP

Confira abaixo os vídeos das colisões dos oito modelos:

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook.