Palio ou Gol? Quem vai terminar 2014 na liderança? Achamos que não importa tanto assim...

Palio ou Gol? Quem vai terminar 2014 na liderança? Achamos que não importa tanto assim…

Parece uma questão de tempo. A diferença entre o Palio e o Gol nas vendas este ano é, nesta quarta-feira, 12, de apenas 700 carros. O modelo da Fiat já tirou mais de mil unidades de diferença em novembro e por isso, mesmo que a Volks dê um gás nas vendas normais – e não tão ‘normais’ -, a tendência é que o Palio acabasse superando o Gol em algum momento.

Mas e daí? Ser o primeiro no Brasil será que vale tanto a pena? É claro que tanto Volkswagen quanto Fiat aproveitam esse feito em sua publicidade. Ninguém admite que persegue o 1º lugar, mas internamente é uma vitória, não há como negar.

O problema é que, atualmente, ganhar esse ‘prêmio’ vale pouco. Se fosse possível usar o soro da verdade com Thomas Schmall ou o Dr. Belini, presidentes da VW e Fiat, respectivamente, eles admitiriam que trocariam o Gol e o Palio pelo Onix ou HB20. Qual a razão? Esses dois modelos dão muito mais lucro e não precisam de artifícios para emplacar. Veja o quadro abaixo:

Em vendas para o consumidor, Onix e HB20, mais caros, se sobressaem

Em vendas para o consumidor, Onix, Fiesta e HB20, mais caros, se sobressaem (Fonte: Fenabrave)

Nas duas colunas da esquerda estão os modelos que mais vendem para empresas e frotistas. É onde atuam pesado VW e Fiat. Mas aqui você ganha pouco por unidade. Já nas duas colunas da direita, a do varejo, o que vale é emoção e não razão.

O Palio está lá em primeiro e o Gol em 5º, é verdade, mas vamos fazer uma continha de padaria. Vamos supor que Fiat, Volks, Chevrolet e Hyundai vendam exatamente a mesma proporção de cada versão de seus modelos. Isso se traduziria num ‘ticket médio’, a média de receita com cada veículo vendido, diferente, dependendo do modelo.

 

Modelo Ticket médio Volume vendido Receita bruta
Gol  R$   40.000,00 76057  R$   3.042.280.000,00
Palio  R$   34.500,00 106595  R$   3.677.527.500,00
Onix  R$   43.500,00 101682  R$   4.423.167.000,00
HB20  R$   46.000,00 90812  R$   4.177.352.000,00

Olha só, o Gol custa em média R$ 40 mil porque começa em 27 mil na versão Special e chega a Rallye por R$ 53 mil. E ele vendeu 76 mil carros até outubro, o que daria uma receita bruta para a VW de R$ 3 bilhões. Já o Palio tem um ticket médio menor graças ao Palio Fire, mas vendeu mais, então temos um faturamento maior, de R$ 3,6 bilhões.

Agora reparem no Onix e HB20. Os dois custam em média mais e tiveram vendas bem altas. Resultado: mais de R$ 4 bilhões de faturamento! Na prática, essa diferença a favor do GM e do Hyundai deve ser maior, acredite. HB20 e Onix vendem mais versões equipadas e potentes, ou seja, o tal do ‘ticket médio’ é mais alto. Já o Palio e o Gol é pouco provável que a maior parte das vendas ultrapasse R$ 40 mil.

Veja também: Os melhores SUVs do Brasil com preço até R$ 80 mil

Nesse raciocínio um tanto simplório, dá para ficar feliz com a liderança? Certamente que não. É verdade que Palio e Gol são carros cujo investimento foi pago, então podem em tese gerar uma margem de lucro boa para suas montadoras, mas não se pode pensar apenas nisso. Os donos de HB20 e Onix, a bordo de carros mais modernos, provavelmente serão mais facilmente convencidos a permanecer nessas marcas e servir de propaganda boca-a-boca para amigos e parentes. E isso hoje vale mais que ser o 1º do ranking.

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no Google+.

Palio pode tirar 1º lugar do Gol, mas os dois são perdedores