Sergio Habib

A informação foi publicada pelo blog Primeiro Lugar, do jornalista Marcelo Onaga, da revista Exame. Sergio Habib está se desfazendo de três de suas nove concessionárias da Ford. Segundo o site, Habib quer se capitalizar para ter condições de bancar a chegada da marca chinesa JAC, marcada para o 2º semestre.

Habib é um maiores proprietários de concessionárias do Brasil. Hoje são 55 lojas, sendo 37 da Citroën, marca na qual atuou como presidente durante muito tempo. Aliás, a parceria com a marca francesa também está chegando a um momento de mudança.

Quando trouxe a Citroën para o Brasil, Habib garantiu a exclusividade de operação nas principais capitais brasileiras. Com isso, cidades como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Recife só podem ter lojas suas. Esse contrato termina no final de 2010 e a partir daí a Citroën fica livre para inaugurar concessionárias de outros grupos. A concentração nas mãos do empresário paulista, por exemplo, provoca distorções como a da capital mineira. Lá só existem duas lojas da Citroën hoje – a Kia, com menos volume de vendas, possui quatro lojas.