Volkswagen Golf Variant R-Line

Volkswagen Golf Variant R-Line

A Volkswagen vai voltar a contar com um representante no segmento de peruas médias. A nova geração do Volkswagen Golf Variant, que anteriormente era oferecido por aqui como Jetta Variant, está sendo apresentada ao público no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2014, que vai até o dia 9, ao lado da versão híbrida do Golf, a GTE. Ao que tudo indica, o novo Volkswagen Golf Variant deve dar as caras no mercado brasileiro nos primeiros meses de 2015.

Quer parcelar os débitos do seu carro? Faça tudo online: licenciamento, IPVA e multas sem todo o processo burocrático. Saiba mais, clicando aqui.

O Volkswagen Golf Variant está presente na mostra automotiva na versão de acabamento R-Line, que como os demais modelos da linha, se diferencia pelo visual mais esportivo, além do interior com pequenas mudanças. A perua traz porta-malas de 605 litros até a altura do banco e 1.620 l com os bancos traseiros rebatidos, volume até o teto.

Volkswagen Golf Variant R-Line

Volkswagen Golf Variant R-Line

Nos diferenciais, o novo Volkswagen Golf Variant R-Line traz para-choques modificados, spoilers, saias laterais, rodas “Salvador” de 18 polegadas, difusor de ar, aerofólio, novo sistema de escape, grade modificada, entre outros. Por dentro, há bancos dianteiros com novo formato, com abas laterais mais pronunciadas, e volante com base achatada.

O motor que equipa a novidade é o 1.4 litro turbo TSI de 150 cv e 25,5 kgfm do Golf Comfortline e Highline, sempre com câmbio automatizado DSG de sete marchas e dupla embreagem.

Volkswagen Golf GTE

Volkswagen Golf GTE

O Volkswagen Golf GTE, por sua vez, combina um motor a gasolina com outro elétrico. O primeiro é o 1.4 TSI, enquanto o segundo traz 120 cv, alimentado por uma bateria de íons de lítio com 8,8 kWh. Segundo dados da marca, a potência combinada é de 204 cv e o torque é de 35,6 kgfm. A transmissão é a DSG de seis marchas e dupla embreagem.

A bateria do GTE pode ser recarregada através de um soquete localizado atrás do logotipo da marca na grade do radiador, com tempo estimado de três horas e meia em uma tomada convencional ou duas horas e meia em uma caixa especial ou estação de recarga pública.

Volkswagen Golf GTE

Volkswagen Golf GTE

O sistema híbrido do Volkswagen conta com componentes eletrônicos de força (que convertem a corrente contínua da bateria em corrente alternada para movimentar o motor) e um carregador. Há ainda um freio eletromecânico e um compressor elétrico para otimizar o funcionamento dos freios e do ar-condicionado, especialmente quando o GTE for usado em modo “e”.

Veja também: Veja quais são as principais atrações do Salão do Automóvel

No quesito desempenho, o VW vai de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos no modo híbrido, com máxima de 222 km/h. Apenas com o motor elétrico trabalhando, a velocidade é limitada a 130 km/h.

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no Google+.

Volkswagen Golf Variant 2015 é estrela no Salão