Audi A1

Demorou, mas o A1 finalmente está entre nós. Esse é o Audi que terá a missão de reerguer a marca no Brasil, relembrando os bons tempos de quando o A3 ainda era fabricado por aqui e vendia como pão quente. E se depender das suas qualidades e sobretudo do preço da novidade – R$ 89.900 -, o representante da empresa dos quatro aneis tem tudo para recuperar o tempo perdido com sobras. A ideia é vender até 300 “carrinhos” por mês, número que dobraria o volume de emplacamentos mensais da fabricante no mercado nacional. Será que emplaca?

Eu acho que sim. O A1 é um carro interessante em tudo. O visual compacto é moderno – nada de referencias retrô – e o interior passou por um extenso trabalho de ergonomia. Há bom espaço para até dois ocupantes. Mais do que isso (cabem até 5 pessoas) fica apertado. O porta-malas até que é bom para um carro de 3,95 metros de comprimento: leva 267 litros de volume de bagagem. Mas o que mais vale a pena é seu conjunto mecânico.

O Audi A1 disponível no Brasil vem com o premiado motor 1.4 TFSI (turbo com injeção direta) de 122 cv e 20,4 kgfm de torque (entre 1.500 rpm e 4.000 rpm) ligado ao excelente câmbio S-Tronic de 7 marchas (sim, sete marchas!) e com dupla embreagem. Essa combinação mecânica, obviamente, faz o carro andar muito, até por que ele pesa apenas 1.045 kg. A Audi afirma que o modelo cumpre a prova dos 0 aos 100 km/h em 8,9 segundos e a velocidade máxima é de 203 km/h. E não duvide, ele realmente atinge essa velocidade e com facilidade.

Audi A1

Nas curvas o A1 mostra uma estabilidade de carro grande, com o perdão do trocadilho. Sua performance realmente é acima da média nesse quesito – vendedores de MINI Cooper que se cuidem! É o tipo de carro que empolga motoristas que gostam de acelerar fundo, mas também é manso com os condutores com pé mais leve, pois é confortável (para duas pessoas) e silencioso.

O lançamento também já vem bem equipado. Traz de série 6 airbags, sistema de som com porta UBS e para iPod, ar-condicionado, controle eletrônico de estabilidade (ESP) e freios ABS. Quem quiser ainda pode incrementar o A1 com teto solar panorâmico e sistema de som da Bose. O A1 nos permite dizer que ficou mais fácil ter um Audi no Brasil, mesmo sendo um bem pequeno. Em breve o modelo começa a pintar nas ruas do Brasil, e, certamente, com cores chamativas, como o vermelho das fotos.