Gasolina é mais vantajosa que o etanol em praticamente todos os estados brasileiros

Gasolina é mais vantajosa que o etanol em praticamente todos os estados brasileiros

Como nos meses anteriores, a gasolina se manteve como mais vantajosa para proprietários de veículos flex em agosto no território brasileiro. Em relação ao mês anterior, o derivado do petróleo teve pouca variação, fechando em R$ 3,83/l. De acordo com dados divulgados pelo IPTL (Índice de Preços Ticket Log), a maior variação de preço por litro do combustível foi registrada na Bahia (-2,13%), chegando a R$ 3,75/l.

Os menores preços por litro da gasolina foram identificados nos postos do Distrito Federal (R$3,48/l), São Paulo (R$3,51/l) e Santa Catarina (R$3,60/l). Por outro lado, o Pará (R$4,18/l), Acre (R$4,13/l) e Amazonas (R$ 4,03/l) ficaram com os maiores valores.

Quanto ao etanol, o IPTL registrou vantagem apenas nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais com custos médios de R$ 2,34, R$ 2,65, R$ 2,63 e R$ 2,64/l, respectivamente. O maior valor foi identificado no estado de Roraima, com R$ 3,70/l, seguido pelo Pará (R$ 3,63/l). No Mato Grosso e no Sergipe, houve queda mais expressiva nos preços, de -1,66% e -0,79%, respectivamente.

O etanol, embora não seja o mais vantajoso, possui outros aspectos competitivos por ser renovável, limpo e autossustentável.  Além disso, reduz significativamente a emissão de gases responsáveis pelo efeito estufa – como dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e óxido nitroso (NO2).

Confira abaixo a tabela:

Comparação com períodos anteriores (R$)

Mês

Gasolina

Etanol

Diesel

Diesel S-10

GNV

Março 2016

3,899

3,339

3,202

3,296

2,368

Abril 2016

3,873

3,284

3,197

3,192

2,372

Maio 2016

3,854

3,182

3,199

3,283

2,344

Junho 2016

3,832

3,156

3,193

3,361

2,372

Julho 2016

3,837

3,147

3,194

3,277

2,351

Agosto 2016

3,833

3,133

3,193

3,244

2,369

A respeito de outros combustíveis, o diesel e o diesel S-10 tiveram pouca variação, com preços de R$ 3,19/l e R$ 3,24/l, respectivamente, enquanto o Gás Natural teve média de R$ 2,36/m³ (representando aumento de 0,76%). Veja abaixo a tabela para consulta em cada região:

UF

Média
Gasolina

Média
Etanol

Média
Diesel

Média
Diesel S-10

Média
GNV

AC

4,131

3,409

3,673

AL

3,864

3,300

3,060

2,367

AM

4,030

3,264

3,392

4,200

AP

3,925

3,794

BA

3,758

2,980

3,039

3,055

2,351

CE

3,956

3,255

3,217

3,260

2,562

DF

3,480

2,895

3,163

ES

3,789

3,195

3,034

2,210

GO

3,770

2,632

3,060

MA

3,759

3,404

3,155

3,135

MG

3,804

2,641

3,037

3,144

2,445

MS

3,617

2,784

3,291

3,314

2,350

MT

3,883

2,657

3,404

PA

4,181

3,632

3,361

3,296

PB

3,759

3,076

3,060

3,270

2,650

PE

3,740

3,051

3,056

2,999

2,065

PI

3,798

3,137

3,189

3,200

PR

3,682

2,579

2,885

2,448

RJ

3,954

3,154

3,201

2,137

RN

3,818

3,209

3,067

3,300

2,459

RO

3,974

3,411

3,334

RR

3,906

3,700

3,291

RS

3,913

3,459

2,936

2,970

2,662

SC

3,607

3,056

2,980

2,840

2,129

SE

3,683

3,137

3,103

2,368

SP

3,513

2,340

2,981

3,024

2,108

TO

3,997

3,196

3,067

Média Geral

3,833

3,133

3,193

3,244

2,369