Kawasaki Ninja 650 ABS 2018

Kawasaki Ninja 650 ABS 2018

A gama de esportivas carenadas da Kawasaki acaba de estrear duas novidades no Brasil. A fabricante japonesa anunciou recentemente a chegada da linha 2018 da Kawasaki Ninja 650 ABS, que recebeu uma série de mudanças no visual e aprimoramentos no conjunto mecânico. Outro lançamento é a nova geração da Kawasaki Ninja 1000, esportiva mais cara da linha da marca; que se sobressai pelo novo aparato eletrônico.

A nova Kawasaki Ninja 650 ABS 2018 traz visual que remete aos modelos mais caros e potentes da empresa. Há como destaque a carenagem frontal redesenhada; faróis com novo formato; lanterna traseira com lâmpadas de LED em formato de “X” e rabeta traseira mais compacta.

Outra novidade é o painel de instrumentos com display LCD; velocímetro; indicador de marchas e uma luz que indica o momento mais adequado para as trocas de marcha seguindo a rotação do motor. O componente inclui ainda hodômetros total e parcial; média do consumo de combustível; temperatura do líquido de arrefecimento e relógio.

Kawasaki Ninja 650 ABS 2018

Kawasaki Ninja 650 ABS 2018

Em comparação com a linha anterior, a esportiva está mais leve em 15 kg; resultando numa diminuição de 6,8% no consumo de combustível. O propulsor, por exemplo, agora conta com cilindros do tipo open-deck. Há ainda novo design da balança traseira e do quadro, que também estão mais leves.

Nas demais novidades, há nova alavanca de câmbio do tipo Link; embreagem assistida e deslizante (desenvolvida especialmente para as pistas pela equipe Kawasaki Racing Tem) e freios no formato margarida com 300 mm de diâmetro na dianteira e 220 mm na traseira.

O motor usado na Kawasaki Ninja 650 ABS 2018 é um bicilíndrico de 649 cv, que rende 68 cavalos de potência, a 8.000 rpm, e 6,7 kgfm de torque, a 6.500 rpm.

Kawasaki Ninja 1000 2018

Kawasaki Ninja 1000 2018

Por outro lado, a Kawasaki Ninja 1000 2018 se sobressai pela motorização. O modelo é dotado de um propulsor de quatro cilindros e 1.043 cm³, que desenvolve 142 cavalos de potência. Esta unidade traz a última versão do software de modelagem avançada da Kawasaki para o desenvolvimento de um quadro com curvas suaves e um mínimo de soldas; garantindo um nível de tensões mais baixo.

O conjunto inclui também o sistema KCMF (Kawasaki Cornering Management Function), que gerencia os diversos parâmetros de motor e chassi e ajusta a intensidade de frenagem; através do KIBS e a potência ideal (Controle de tração KTRC), para uma transição suave entre aceleração e retomada ao percorrer curvas.

Nos freios, o KIBS (Kawasaki Intelligent anti-lock Brake System) assegura uma frenagem com o mínimo de interferência do condutor. Por meio dos sensores de velocidade nas duas rodas, o sistema monitora a pressão hidráulica da pinça dianteira e coleta diversas informações da ECU (Unidade de Controle Eletrônico) do motor; evitando uma possível perda de performance durante a frenagem.

Kawasaki Ninja 1000 2018

Kawasaki Ninja 1000 2018

O visual, por sua vez, traz formas inspiradas nas motos de competição. Há também farol duplo de LED; para-brisa com bolha dupla que está 15 mm mais alto no centro e oferece três regulagens de altura; painel de instrumentos com nova tela de LCD com velocímetro digital, indicador de posição de marchas e de temperatura externa, entre outros.

Além da versão convencional, a Ninja 1000 será ofertada na configuração Tourer; que inclui acessórios como slider, protetor de motor, tanque pad, knee pad, bolha fumê e tomada de 12V.

Confira os preços das novas Kawasaki:

Ninja 650 ABS SE – Lime Green KRT Edition: R$ 34.990
Ninja 650 ABS – Metallic Spark Black: R$ 33.990

Ninja 1000 ABS – Metallic Spark Black: R$ 56.990
Ninja 1000 Tourer ABS – Candy Lime Green: R$ 59.990

 

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Kawasaki Ninja 650 ABS e Ninja 1000 são renovadas no Brasil