Porsche 919 Hybrid no Campeonato Mundial de Endurance

Porsche 919 Hybrid no Campeonato Mundial de Endurance

A Porsche está se preparando para promover mudanças drásticas em seu setor de competições automobilísticas. A empresa alemã vai abandonar a categoria LMP1 do Campeonato Mundial de Endurance de FIA (WEC) no final da temporada de 2017 e terá como foco o uso do 911 RSR na classe GT da competição; que tem como destaque as 24 Horas de Le Mans. Além disso, a marca anunciou que irá ingressar na Fórmula E, competição de elétricos que vem crescendo cada vez mais.

A participação da fabricante alemã na Fórmula E terá início em 2019 e, obviamente, irá envolver modelos totalmente elétricos. Este novo posicionamento é parte do novo programa Estratégia Porsche 2025; que inclui o desenvolvimento de uma combinação de veículos puramente GT e esportivos totalmente elétricos; como o Mission E, o primeiro carro de rua da marca movido apenas a eletricidade

“Entrar na Fórmula E e conquistar sucesso nessa categoria são consequências lógicas de nosso Mission E. A crescente liberdade para desenvolvimento de tecnologia ‘em casa’ tornam a Fórmula E atraente para nós”; afirma Michael Steiner, membro do Conselho Executivo para Pesquisa e Desenvolvimento da Porsche AG. “A Porsche está trabalhando com conceitos de propulsão alternativos e inovadores. Para nós, a Fórmula E é o mais elevado ambiente competitivo para impulsionar o desenvolvimento de veículos de alta performance em áreas como compatibilidade com o meio-ambiente, eficiência e sustentabilidade”.

Porsche 911 RSR em Daytona

Porsche 911 RSR em Daytona

Vale lembrar que a Porsche conseguiu obter três vitórias consecutivas nas 24 Horas de Le Mans e títulos de Campeã Mundial para equipes e pilotos nos anos de 2015 e 2016. Entretanto, embora esteja abandonando a categoria LMP1, a equipe quer conquistar novos prêmios na temporada que tem término marcado para o dia 18 de novembro, em Bahrain.

Veja também: Os carros mais velozes das últimas 8 décadas

“Construir a equipe de Le Mans a partir do zero foi um desafio gigantesco. Ao longo dos anos, nós desenvolvemos uma equipe profissional e incrivelmente bem-sucedida. Ela será nossa base para o futuro. Estou certo de que manteremos nosso alto nível na Fórmula E. A confiança é alta e estamos ansiosos para começar”; afirma o vice-presidente da LMP1, Fritz Enzinger.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Porsche se prepara para ingressar na Fórmula E