Chrysler 300

A Chrysler passa esta semana apresentando o novo Journey para a imprensa especializada (os principais sites andarão no carro na sexta, dia25) e encerra com o crossover seus lançamentos em 2011. Sim, a montadora americana ainda não embalou no Brasil, mesmo após a chegada da Fiat como sócia majoritária.

Um dos modelos mais aguardados, o sedã 300, ficou para o 1º trimestre de 2012, segundo uma fonte ouvida pelo Blogauto. E com ele outros possíveis modelos que estão em estudo, mas não revelados pela empresa. Hoje, o portfólio do grupo está restrito ao Journey, a nova Town&Country, a RAM e ao Grand Cherokee, além de algumas vendas mais modestas do Cherokee Sport e do Wrangler. Pouco para uma marca tão conhecida.

O 300 é um dos modelos mais exclusivos da Chrysler e há algum tempo ganhou um visual mais refinado, motores mais eficientes e acabamento superior, além de mais tecnologia a bordo.

Apesar dessa certa inércia em suas operações, a Chrysler deve ganhar um senhor impulso quando a fábrica da Fiat em Pernambuco entrar em operação em 2014. Segundo a Folha de São Paulo, a montadora planeja produzir lá um mini-Jeep que dará origem a um crossover para a Fiat também. Talvez aí a empresa americana volte a ter uma participação mais importante no mercado brasileiro.