Honda Civic 2012

E a terra “tremeu” em Sumaré. A sempre negada falta de peças vindas do Japão – por causa do terremoto de março – atingiu em cheio a Honda. A produção na fábrica foi interrompida nesta quinta-feira, segundo o sindicato local, que protesta contra a intenção da montadora de demitir 1.270 funcionários da planta. Ainda de acordo com ele, o Civic, que seria lançado no final de 2011, ficou para 2012.

O sindicato disse à revista Exame que a matriz da Honda irá cortar em 50% o fornecimento de componentes para o Brasil. Tratam-se sobretudo de peças eletrônicas que não têm contrapartida nacional. Apesar da má notícia, a Honda comentou com seus trabalhadores que prevê regularizar a situação já em 2012.

Caso se confirme isso, será um duro golpe financeiro para a marca, que vive um momento de decisão no Brasil. Enquanto as rivais avançam com novos modelos, a Honda tinha esperança de virar o jogo com o novo Civic e preparar a chegada do Brio, compacto que concorrerá com o Etios, da Toyota.