Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

O modelo mais sofisticado da Volkswagen à venda no Brasil, o VW Passat chega à linha 2018 com poucas alterações e reposicionamento de preço. O sedã passa a ser oferecido no País em versão única (Highline), com lista de itens de série mais completa e preço sugerido de R$ 164.620 – redução de mais de R$ 13.000 em relação ao anterior. Entre os destaques do modelo está o novo sistema de infotainment com controle por gestos.

Fabricado em Emden, na Alemanha, o Volkswagen Passat 2018 conta com oito opções de cores para a carroceria: Azul Harvard, Azul Atlantic, Cinza Manganês, Marrom Oak, Prata Sargas e Vermelho Crimson (metálicas), Branco Puro (sólida) e Preto Mystic (perolizada). O único opcional disponível é o teto solar panorâmico, por R$ 5.370. O sedã tem três anos de garantia total.

O Volkswagen Passat 2018 passa a trazer de série tecnologias que eram opcionais, como o Painel Digital Programável (Active Info Display); seleção do perfil de condução com controle adaptativo da suspensão “DCC”; ACC – Adaptive Cruise Control (Controle adaptativo de distância e velocidade) com função de frenagem de emergência “City Emergency Brake” e sistema de monitoramento frontal “Front Assist” e, como maior destaque, a terceira geração do sistema Discover Pro, com tela sensível ao toque de 9,2 polegadas e controle por meio de gestos.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

A tela possui agora 9,2 polegadas (a anterior era de 8 polegadas), ou cerca de 23 centímetros na diagonal – as dimensões a tornam semelhante a um tablet. Além disso, não há botões “físicos”. O controle por gestos – movimenta-se lateralmente a mão – permite acessar o menu de informações do sistema, alterar estações de rádio, selecionar músicas para reprodução, navegar pelas capas dos álbuns, fotos e pelas páginas do menu de funções do carro.

O sistema Discover Pro permite conectividade avançada com os smartphones por meio do App-Connect (plataformas MirrorLink, Apple CarPlay e Android Auto. É possível utilizar apps como o Waze ou o Google Maps, para navegação, ou o Spotify, para músicas. Esse sistema contempla o “MapCare”, que permite a atualização periódica gratuita da base de mapas. Fotos, vídeos e músicas em diversos formatos são alguns exemplos de mídias que podem ser “lidas”.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

O sistema de infotainment do Volkswagen Passat 2018 permite conexão de múltiplos telefones simultaneamente. Também é equipado com leitor de DVD, HD interno de com 60 gb de capacidade, entradas AUX-in e duas para cartões SD. Os comandos podem ser executados também pelos botões no volante multifuncional, ou por comandos de voz. É possível selecionar as mídias, operar o telefone e o sistema de navegação apenas utilizando a voz.

O Volkswagen Passat 2018 passa a trazer de série o quadro de instrumentos totalmente digital (Active Info Display), outro recurso exclusivo no segmento. Nesse sistema, todos os instrumentos são implementados virtualmente via software. Somente as luzes/ícones na borda inferior do mostrador são implementados em hardware. Informações de navegação podem ser mostradas em 2D ou 3D, em uma tela de 12,3 polegadas. Sua resolução de 1.440 x 540 pixels permite gráficos extremamente precisos e de alta qualidade. Por exemplo, o modo de navegação: nesse caso, o velocímetro e conta-giros são deslocados para os lados, a fim de criar mais espaço para o mapa.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

A lista de itens de série do Passat está maior para 2018. Foram acrescentados itens como ACC – Adaptive Cruise Control (Controle adaptativo de distância e velocidade) com função de frenagem de emergência “City Emergency Brake” e sistema de monitoramento frontal “Front Assist”, seleção do perfil de condução com controle adaptativo da suspensão “DCC” e abertura do porta-malas por sensor sob o para-choque traseiro e fechamento por comando elétrico “Easy Open”. Além desses, há outros que já faziam parte do pacote de assistência e conveniência do modelo.

ACC (Controlador adaptativo de distância e velocidade). Esse sistema usa um sensor de radar integrado à dianteira do carro para manter velocidade selecionada pelo motorista, assim como uma distância pré-definida do veículo à frente, freando ou acelerando em função do tráfego – e é capaz de frear até a imobilidade quando o carro da frente para.

Nessa versão do Passat, quando acionado o ACC monitora veículos trafegando na faixa da esquerda em rodovias e não realiza ultrapassagens pela faixa da direita, de forma a reduzir o risco de colisões laterais. Após acionado pelo motorista, o ACC do Passat também pode arrancar novamente de forma automática. A dinâmica do sistema pode ser modificada individualmente pela seleção de um dos programas de direção do seletor de perfis.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

O Front Assist usa um sensor por radar integrado à frente do carro que monitora constantemente a distância dos veículos adiante. O Front Assist ajuda o motorista em situações críticas pré-condicionando o sistema de freios e alertando o condutor por meio de sinais (visual ou sonoro) – ou, em um segundo estágio, por meio de um breve solavanco. Caso o motorista não freie forte o suficiente, o sistema automaticamente gera força de frenagem para tentar evitar uma colisão.

Se ainda assim o motorista não reagir, o Front Assist freia o carro automaticamente para proporcionar mais tempo para reação. Teoricamente, isso permite que o motorista evite uma colisão iminente ou, pelo menos, reduza a velocidade do impacto. O sistema também auxilia o motorista dando um sinal caso o carro se aproxime demais do veículo à frente.

Usando um sensor por radar, ela monitora a área à frente do carro. O sistema funciona abaixo de 30 km/h. Se houver perigo de colisão com um veículo andando ou parado à frente do carro e o motorista não reagir, o sistema de freios é pré-condicionado da mesma forma que com o Front Assist. Se necessário, o City Emergency Braking começa a frear com força para reduzir a severidade do impacto. O City Emergency Braking pode evitar uma colisão frontal iminente no último segundo.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

Caso o sistema proativo de proteção detectar uma situação de acidente potencial – como uma forte frenagem –, os cintos de segurança do motorista e do passageiro da frente são automaticamente pré-tensionados para assegurar a melhor proteção possível pelos airbags e sistema de cintos. Quando uma situação de condução altamente crítica e instável é detectada – como uma forte escapada de frente ou de traseira em que haja intervenção do Controle eletrônico de estabilidade “ESC” – as janelas laterais (deixando uma pequena abertura) e o teto solar são fechados. Explicação: Quando as janelas e o teto estão quase totalmente fechados, os airbags de cabeça e laterais proporcionam o máximo de absorção de energia, alcançando assim o mais alto nível de proteção possível.

O Passat é equipado com o Sistema de Frenagem Automática Pós-Colisão, que aciona automaticamente os freios do veículo quando ele se envolve em uma batida, para reduzir a energia cinética residual. O acionamento do sistema de frenagem pós-colisão se baseia na detecção da colisão inicial pelos sensores dos airbags.

O sistema aplica os freios até que o veículo atinja a velocidade de 10 km/h. A velocidade residual do carro pode ser usada para conduzi-lo a um local seguro. A frenagem do veículo pelo sistema é limitada pela unidade de controle do ESC a uma desaceleração máxima de 0,6 m/s. Esse valor é igual ao nível de desaceleração do City Emergency Braking e permite que o motorista possa assumir o comando do carro mesmo na ocorrência da frenagem automática.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

O Passat é equipado com faróis de LEDs (diodos emissores de luz) com tecnologia de projeção. Dois discretos módulos de lentes projetam a luz na via, gerando claridade semelhante à luz do dia. O componente central desses faróis é o módulo externo multi-fachos. Além dos fachos baixo e alto (com adaptação de luz), os faróis também geram as luzes dinâmicas de conversão.

O módulo de lentes interno de facho plano é responsável ela chamada “iluminação de campo próximo”. Outro destaque são as luzes de condução diurna com 32 LEDs. Sua assinatura consiste de dois módulos separados: um “U” grande (que incorpora esses dois módulos) e um “U” menor, que contorna os módulos multi-facho. Entre as luzes de condução diurna, o largo indicador (12 LEDs) enfatiza o desenho do farol. Os LEDs dos indicadores de direção estão colocados na parte interna do farol.

Os faróis de LEDs são complementados com o recurso Dynamic Light Assist (Assistente de Luz Dinâmico, DLA). Controlado por meio de uma câmera, o DLA detecta veículos trafegando em sentido contrário ou à frente do Novo Passat, coordenando a distribuição de luz dos faróis, evitando ofuscamento.

O Passat traz luzes traseiras todas em LED. Durante a frenagem, a assinatura de luz na posição horizontal passa à posição vertical, causando efeito visual que chama a atenção dos demais condutores, contribuindo para a segurança do tráfego. Junto com as luzes traseiras e luzes de freio, os módulos de luz traseiros laterais também integram a luz indicadora. No módulo interno estão as luzes de direção e de neblina.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

Como parte do sistema Kessy, de abertura das portas sem chave e partida do motor por botão, o Easy Open permite a abertura do porta-malas com apenas o movimento do pé na parte de trás do veículo. Há um sensor de proximidade sob o pára-choques, que detecta o movimento.

O Volkswagen Passat 2018 é equipado com: bancos dianteiros com ajuste elétrico, aquecimento e apoio lombar com massageador para o motorista (com três posições de memória e função ‘easy-entry’, que recua automaticamente o banco para ampliar a área de acesso ao veículo e o retorna à posição original), seis airbags (dianteiros, laterais e tipo cortina), ar-condicionado Climatronic com três zonas de resfriamento – motorista, passageiro e ocupantes do banco de trás –, iluminação em LED na região dos pés, relógio analógico no painel e sistema Kessy (acesso ao veículo sem uso de chave e partida por botão no console).

Há ainda porta-luvas refrigerado, apoio de braços central dianteiro com porta-objetos, câmera traseira de auxílio para manobras, freio de estacionamento de acionamento elétrico, detector de fadiga e retrovisores externos elétricos com memória do lado do motorista. Também está incluído o sistema start-stop, que desliga/liga automaticamente o motor em paradas de trânsito intenso ou semáforo, colaborando para a redução do consumo de combustível.

O volante é multifuncional, inclui as borboletas (shift paddles) para trocar de marcas e tem com revestimento de couro e comandos do rádio, computador de bordo e controlador automático de velocidade. Os bancos são revestidos em couro Nappa. As rodas de liga leve de 18 polegadas têm desenho Dartford, com pneus autosselantes nas medidas 235/45 R18.

O Passat traz sob o capô o motor 2.0 TSI com potência de 220 cv de 4.500 rpm até 6.200 rpm e 35,7 kgfm de torque já a 1.500 rpm e se mantêm até 4.400 rpm. Da terceira geração da família EA888, esse motor tem 1.984 cm³ de cilindrada e combina injeção direta de combustível ao turbocompressor, o sedã acelera de 0 a 100 km/h em apenas 6,8 segundos e atinge a velocidade máxima de 246 km/h.

Volkswagen Passat 2018 Highline

Volkswagen Passat 2018 Highline

O sedã mede 4.767 mm de comprimento, com 2.791 mm de distância entre-eixos. Seus balanços (distância entre o centro da roda e a extremidade do veículo) são curtos; a altura de 1.476 mm e a largura de 1.832 mm permite uma relação de proporções dinâmicas. A Estratégia Modular MQB também permite amplo espaço interno. Os ocupantes do banco traseiro têm 116 mm de espaço para os joelhos, em relação aos bancos dianteiros. O porta-malas é generoso, com 586 litros de capacidade.

O Passat é equipado com o sistema XDS+ (bloqueio eletrônico do diferencial), como função integrada ao controle eletrônico de estabilidade (ESC) para melhorar o comportamento dinâmico do carro. O XDS+ é uma evolução do XDS, já conhecido do modelo anterior. Sua atuação foi estendida agora para cobrir todas as situações em que o carro não está sendo freado.

O sistema aumenta a agilidade e diminui a necessidade de movimentação do volante por meio de intervenções seletivas nos freios das rodas internas às curvas nos dois eixos. Além disso, o XDS+ funciona com quaisquer condições de aderência do piso. Isso resulta em uma dirigibilidade mais precisa. As conhecidas vantagens do XDS, como as saídas de frente consideravelmente reduzidas e a melhor tração, também foram aperfeiçoadas.

DCC (seleção do perfil de condução com controle adaptativo da suspensão). A segunda geração do DCC (seleção do perfil de condução com controle adaptativo da suspensão) é utilizada no Passat. O sistema oferece cinco modos de condução: ‘Comfort’, ‘Normal’, ‘Eco’, ‘Individual’ e ‘Sport’, selecionados por meio de um botão no console central, ao lado da alavanca de câmbio.

No perfil ‘Eco’, o gerenciamento do motor, ar-condicionado e outras unidades auxiliares são controlados para otimizar o consumo, com a função adicional de rolagem. Quando o motorista solta o pedal do acelerador, como ao reduzir a velocidade em um semáforo ou em descidas, o câmbio DSG é desacoplado e o motor entra em marcha lenta. Isso permite a melhor utilização possível da energia cinética do carro.

No modo ‘Comfort’ todo as excepcionais qualidades de rodagem confortável do Volkswagen Passat 2018 são realçadas. Também é possível, por meio do perfil ‘Individual’ atribuir quaisquer outras propriedades de perfil de condução ao modo de DCC.

No modo ‘Sport’, por outro lado, as respostas do motor e pontos de troca das marchas da transmissão automática DSG de 6 velocidades com função Tiptronic são configuradas para maior dinamismo.

O sistema DCC controla as válvulas dos amortecedores de forma eletrônica, por meio de um algoritmo avançado, definindo assim a carga de amortecimento adequada à situação. O DCC utiliza os sinais a partir de sensores de deslocamento das rodas e acelerômetros, além de informações sobre o veículo; em ciclos de um milissegundo, utiliza esses valores para calcular e ajustar de forma adaptativa a carga de amortecimento. As forças de amortecimento aplicadas seletivamente às quatro rodas são reguladas individualmente.

Veja também: Os carros mais velozes das últimas 8 décadas

Exclusivamente em combinação com o DCC, novas conexões hidráulicas são usadas no eixo traseiro para ligar o braço de controle ao sub-chassi. Isso melhora ainda mais as características de vibração, especialmente através de melhor amortecimento.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Avaliação: Volkswagen Passat 2018 preço cai para R$ 164.620

»crosslinked«