Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199

Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199

O Brasil viveu nos anos 70 uma verdadeira invasão de ciclomotores, mas um produto não sai da cabeça daquela geração até hoje: a Caloi Mobylette, veículo que inclusive virou sinônimo de categoria e emprestou seu nome para similares de outras marcas. Por mais de duas décadas, dominando os anos 80 e até invadindo os 90, a Mobylette foi sonho de consumo de jovens de diversas idades.

Quer parcelar os débitos do seu carro? Faça tudo online: licenciamento, IPVA e multas sem todo o processo burocrático. Saiba mais, clicando aqui.

Rápida, descolada, símbolo de status, a Caloi Mobylette marcou gerações. O barulho do seu motor nunca foi patenteado, mas era inigualável.

A Caloi começa a vender a nova Caloi Mobylette. Ícone do passado, a campanha para o lançamento do produto não poderia ter slogan melhor: “A lenda voltou”.

Para desenvolver a nova Mobylette, a Caloi mesclou no produto algumas releituras do quadro do passado, como a parte frontal, com as novas necessidades do consumidor. Toda a geometria foi pensada à antropometria do ciclista brasileiro para uma pilotagem vertical que fosse versátil e facilitasse a obtenção de uma velocidade eficiente, ideal para encarar trechos urbanos curtos, do dia-a-dia, assim como passeios mais longos. O modelo tem ainda tubo rebaixado, assim como na primeira Mobylette, fator que facilita ao ciclista subir na bike, permitindo assim uma melhor pedalada. Os pneus de quatro polegadas são outros atrativos que proporcionam maior estabilidade, absorvendo todo tipo de impacto e garantindo maior conforto e rendimento.

 

Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199

Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199

São diversos os diferenciais técnicos e tudo chama a atenção na nova Caloi Mobylette, mas o grande destaque está por ser um veículo elétrico. Se antes ela era a gasolina, agora em um mundo sustentável, a modernidade exige novos comprometimentos.

O modelo é equipado com um motor de cubo de 350W de potência que pode ser acionado tanto pelo movimento da pedalada, como pelo acelerador integrado ao display. A bateria, instalada debaixo do banco, oferece uma autonomia de até 30km. Tecnologia que deixou a Caloi Mobylette não só mais eficiente, como silenciosa.

Para reviver esse clássico, o logo da linha Caloi Mobylette foi redesenhado. O clássico do passado serviu de inspiração, mas foi aplicado um traço de contemporaneidade. A aplicação da marca, colocada na lateral, tem acabamento cromado em relevo resinado. As cores do modelo remetem ao clássico Caloi, desde a lateral sóbria até os detalhes com o vermelho inconfundível da marca, destacando, por exemplo, o bagageiro.

Veja também: Os carros mais velozes das últimas 8 décadas

Para lançar a nova Mobylette, a Caloi realizou uma pesquisa com consumidores de diversas cidades do País para entender não só a força do produto, mas como o jovem consumidor quer se locomover pelos centros urbanos. Com a pandemia, há um crescente cenário na mudança de hábitos.

Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199

Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199

No Brasil, a perspectiva é de um aumento médio de 30% ao ano na procura por bicicletas elétricas nessa década e a Caloi, marca líder do setor de bikes, encontrou a resposta que a Mobylette é um sinônimo de bicicleta motorizada. O conceito do produto atravessa gerações de consumidores e o nome Mobylette não só mexe com os fãs do passado, como também atrai os jovens atuais.

Para atender o consumidor de todo o Brasil de forma igual, a Caloi realizará primeiro a venda do produto pelo Mercado Livre. Bikeshops de todo o País começarão a vender a nova Caloi Mobylette, que tem preço sugerido de R$ 9.199.

Confira o BlogAuto no: Youtube, TikTok, FacebookInstagram, Twitter e Pinterest.

Caloi Mobylette volta para o mercado, elétrica por R$ 9.199