Fórmula E 2017

Fórmula E 2017

Antes movida somente à combustão, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) cedeu espaço aos automóveis elétricos e agora exibe em seu portfólio a Fórmula E. Inaugurada em 2014, a competição é uma exclusividade para carros totalmente elétricos que funcionam usando apenas baterias. Ou seja, trata-se de uma categoria bem mais eficiente que a conhecida Fórmula 1; embora sofra algumas limitações.

A principal característica da Fórmula E é, obviamente, a gama de carros elétricos. Na primeira e segunda temporadas, todas as equipes usaram o mesmo carro e conjunto mecânico. Porém, na terceira temporada a tecnologia do powertrain foi librada. Com isso, sete fabricantes produziram novas soluções de motores e transmissões, por exemplo.

Entre os itens, os carros da competição contam com chassi de fibra de carbono com cinco metros de comprimento; pneus de 18 polegadas produzidos pela Michelin; sistema de recuperação de frenagem para gerar eletricidade e recarregar a bateria do carro; bateria de lítio; câmbio de duas ou três velocidades (ou uma, no caso dos modelos da Renault e até coisas diferentes, como o sistema de dois motores elétricos transversais da equipe NextEV.

Fórmula E 2017

Fórmula E 2017

Por outro lado, entre as limitações, os carros têm eficiência da bateria aquém do esperado; de cerca de 25 minutos no modo de corrida. Por razões de segurança, a bateria não pode ser alterada no meio da corrida. Portanto, os pilotos acabam sendo obrigados a fazer uma troca de carro (algo exigido pela competição).

Entretanto, a partir da temporada 2018/2019, a competição deixará de exigir dois carros por piloto e a mudança de carro no meio da corrida deixará de ser obrigatória. Os carros poderão receber uma nova tecnologia de bateria e de motor para oferecer uma autonomia mais ampla.

Além disso, por se tratar de uma competição mais “moderna”, a Fórmula E permite interação com os fãs através das redes sociais. Por meio do Facebook, Instagram, Twitter e YouTube; os fãs podem votar em seu motorista favorito para que ele receba um impulso adicional na corrida. Isso inspirou os times e os pilotos da Fórmula E a alcançar seus fãs, criando um nível de diálogo incomparável no automobilismo.

Fórmula E 2017

Fórmula E 2017

Há também a exibição de imagens via câmeras de 360 grau; transmissão em tempo real de todas as ações e divertidos comentários de texto ao vivo.

Atualmente, a Fórmula E conta com as fabricantes Audi; Citroën-DS; BMW; Jaguar; Mahindra e Renault, além da Faraday Future; NextEV; Schaeffler e ZF. Há ainda nove fabricantes com grupos motopropulsores homologados: ABT Schaeffler, Andretti Technologies, DS-Virgin, Jaguar, Mahindra, NextEV TCR, Penske, Renault e Venturi.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Fórmula E: os detalhes da competição de carros elétricos