Está difícil para a General Motors ser motivo de boas notícias ultimamente. Esta semana, Rick Wagoner, executivo-chefe da montadora, anunciou cortes de emprego e redução de custos para tentar enfrentar a onda de marasmos nas vendas dos seus utilitários, principais produtos no mercado norte-americano.

Wagoner aproveitou para mostrar também os próximos lançamentos da marca nos Estados Unidos. Nenhum deles, é verdade, tem alguma chance de vir ao Brasil – exceto pelo Cruze, que é o sucessor do Cobalt, mas com mínimas chances -, mas não deixa de ser curioso ver como será a cara da GM daqui para frente. Quem sabe não está aí algum elemento óbvio do Viva, o compacto que substituirá o Corsa.

Vejam a galeria abaixo: