Ferrari Portofino 2018

Ferrari Portofino 2018

A Ferrari Portofino é o novo superesportivo de entrada da marca italiana no mercado mundial. Para substituir a California T, cuja sua atual geração já soma cerca de oito anos de mercado; o novo bólido aposta num visual mais agressivo, novos recursos e conjunto mecânico mais potente. O modelo será a principal atração da fabricante no Salão do Automóvel de Frankfurt, marcado para acontecer entre os dias 14 e 24 de setembro.

O motor que equipa a nova Ferrari Portofino é um 3.9 litros V8 biturbo, capaz de desenvolver 600 cavalos de potência, a 7.500 rpm; e 77,5 kgfm de torque, de 3.000 a 5.250 rpm. Este propulsor é praticamente o mesmo usado na California T, mas com novas bielas e pistões; coletor de escape integrado ao cabeçote (para eliminar o efeito de “turbo lag”) e coletor de admissão redesenhado; rendendo um aumento de potência de 40 cv.

Ferrari Portofino 2018

Ferrari Portofino 2018

Segundo a Ferrari, o novo superesportivo consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos. Já a velocidade máxima é de 320 km/h.

Nas demais novidades, há chassi feito inteiramente de alumínio; sistema Variable Boost Management de gerenciamento do torque entre as engrenagens do câmbio; sistema de diferencial eletrônico traseiro integrado ao controle de tração; suspensão com novos amortecedores magnéticos e direção elétrica (7 por cento mais direta que o antigo sistema hidráulico).

Ferrari Portofino 2018

Ferrari Portofino 2018

O visual da Ferrari Portofino é marcado pelos faróis com formato que lembra um bumerangue; detalhes marcantes no capô e nas laterais e lanternas traseiras com formato circular. Todo o conjunto foi inspirado nos modelos 812 Superfast e GTC4 Lusso. O interior do bólido, por sua vez, oferece itens como sistema de entretenimento com tela sensível ao toque de 10,2 polegadas e bancos com ajustes elétricos de 18 vias.

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Ferrari Portofino substitui a California T com motor de 600 cv