Ford Territory 2021

Ford Territory 2021

A grande cartada da Ford no Brasil é um verdadeiro negócio da China, o Ford Territory é o primeiro chinês no mercado brasileiro importado por uma das marcas “tradicionais”.

O Territory chega como modelo 2021 em duas versões, SEL (R$ 165.900) e Titanium (R$ 187.900), ambas com motor 1.5 Turbo EcoBoost a gasolina e transmissão automática CVT.

Quando comparado com seus concorrentes diretos, o Jeep Compass e o Volkswagen Tiguan, o novo modelo da Ford tem mais espaço interno para os passageiros, principalmente no banco traseiro.

Entre os mimos temos câmera 360° de visão panorâmica, bancos dianteiros com resfriamento e aquecimento, carregamento sem fio para celular, conexão sem fio para Apple CarPlay (Android Auto com cabo) e luz ambiente configurável em sete cores e conta com um modem embarcado para comunicação remota com o veículo.

O Territory SEL vem com rodas de liga leve de 17 polegadas e pneus 235/55 R17. O Territory Titanium se diferencia visualmente pelo teto pintado de preto, rodas de liga leve de 18 polegadas com pneus 235/50 R18, maçanetas cromadas e retrovisores com luzes de aproximação e rebatimento elétrico.

As medidas temos um entreeixos, de 2.716 mm, largura de 1.936 mm e comprimento de 4.580 mm. O porta-malas tem 348 litros. São seis as opções de cores da carroceria: Vermelho Vermont, Azul Santorini, Preto Toronto, Prata Maiorca, Marrom Roma e Branco Bariloche.

O interior, com console central elevado e teto solar panorâmico elétrico de série, a versão SEL tem tom escuro, na cor Black Charcoal. O banco traseiro, além de um descansa-braço rebatível com porta-copo, conta com saídas do ar-condicionado automático digital e entrada USB.

A versão Titanium tem interior claro. Os bancos são parcialmente em couro com um sistema de aquecimento e resfriamento para os passageiros da frente.

O Territory traz a central multimídia SYNC Touch, desenvolvida exclusivamente para o Brasil e América do Sul, tem a tela de 10,1 polegadas, modos de exibição personalizados e oferecer conexão sem fio com Apple CarPlay, mas fica devendo conexão sem fio para Android Auto, que é o mais vendido no mercado nacional. O carregador sem fio para celular no console, com a tecnologia “Qi” que permite dois modos automáticos de carregamento.

O Territory conta com um modem embarcado para acesso e comando remoto do veículo, usando o aplicativo FordPass no celular e o novo sistema FordPass Connect, que permite travar e destravar portas, dar partida acionando o ar condicionado, checar a pressão dos pneus e o nível de combustível e localizar o veículo remotamente. Todos esses serviços do FordPass Connect são disponibilizados gratuitamente para os proprietários durante o primeiro ano de uso.

Tem seis airbags, controle eletrônico de estabilidade e tração AdvanceTrac, assistente de partida em rampa, sensor de monitoramento de pressão dos pneus, freios a disco nas quatro rodas com ABS e EBD, aviso de uso do cinto de segurança para o motorista e passageiro, ganchos Isofix e espelho retrovisor interno eletrocrômico.

A versão Titanium oferece também a câmera 360° com visualização panorâmica, controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo (ACC) com Stop & Go permite selecionar a velocidade e quatro níveis de distância do veículo à frente. A função Stop & Go freia o veículo totalmente quando o trânsito para e volta a acelerar automaticamente em paradas de até três segundos.

Ford Territory 2021

Ford Territory 2021

O alerta de colisão frontal com frenagem automática, o alerta de saída de faixa, o alerta de ponto cego, o estacionamento automático e os faróis com acendimento automático são outros assistentes que auxiliam o motorista a dirigir com mais conforto e segurança. Ele tem ainda um painel de instrumentos inteligente, totalmente digital, com tela colorida de 10 polegadas que pode ser personalizada em três temas.

O Territory foi desenvolvido pela Jiangling Motors Corporation (JMC), a mesma que fez no passado aquele clone do Evoque, o Landwind x7. A versão que vem para o Brasil foi refinada pela engenharia brasileira. Esse trabalho envolveu cerca de 150 engenheiros e técnicos e mais de 100.000 km rodados em testes de campo em diversas regiões do Brasil, além de mais de 10.000 horas de validações em laboratórios e pistas especiais.

O motor não é o motor Ford 1.5 Dragon turbo de três cilindros que tem até 200 cv e que equipa o Ford Escape, mas sim um inédito, para nós brasileiros, 1.5 quatro cilindros Turbo EcoBoost com intercooler, injeção direta de combustível e comando de válvulas variável acionado por corrente. Ele tem potência de 150 cv e torque máximo de 22,9 kgfm, disponível na faixa de 1.500 a 4.000 rpm, fazendo o modelo atingir uma velocidade máxima de 180 km/h e uma aceleração de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos. Para uma maior economia utiliza o ciclo Miller, em vez do tradicional Otto faz 9,2 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, o que dá um consumo combinado de 9,6 km/l, só utiliza gasolina, nada de flex aqui.

A transmissão automática CVT, com relação continuamente variável, fabricada pela Punch que domina o mercado asiático, tem escalonamento e conta com a opção de trocas manuais com oito marchas simuladas, o famoso me engana que eu gosto.

Veja também: Os carros mais velozes das últimas 8 décadas

O Ford Territory SEL é equipado também com chave para acesso inteligente e botão de partida, câmera e sensor de ré, piloto automático, computador de bordo e chega com preço de R$ 165.900. O Territory Titanium, com itens adicionais de aparência e tecnologia, custa R$ 187.900.

Existe a possibilidade de blindar o veículo e incluir o seu valor no financiamento. O serviço é feito por uma blindadora homologada pela marca, com nível 3-A, que preserva a garantia do veículo.

O Ford Territory vem com três anos de garantia.

Galeria

Confira o BlogAuto no: Youtube, TikTok, FacebookInstagram, Twitter e Pinterest.

Ford Territory chega preparado para enfrentar Compass e Tiguan