Novo Ford Ka Concept

Novo Ford Ka Concept

O novo hatch compacto da Ford é aquele tipo de projeto que só herda o nome de um antepassado, mas é literalmente outro carro. A Ford decidiu escolher o nome “Ka” para ele porque a estratégia da empresa é ter um nome já conhecido no mercado: “lançar um nome novo é muito caro”, explicou um executivo da marca durante o evento de lançamento. “É mais fácil dar continuidade à uma marca, como fazem os japoneses”, completou.

Mas a ligação entre os dois modelos para por aí. O novo projeto está mais para um “Fiesta barato” que para Ka. Começa pelo uso da plataforma do New Fiesta, modelo que migrou para a categoria dos compactos premium, uma espécie de pré-médio. Com isso, ganha-se em custos e em qualidade já que a arquitetura desse modelo permite usufruir de mais tecnologia a bordo.

Novo Ford Ka Concept

Novo Ford Ka Concept

Talvez a grande sacada da Ford no novo Ka 2015 seja mesclar qualidade de duas correntes hoje presentes entre os hatches e sedãs compactos. Em geral, opta-se por ter um modelo mais esportivo ou mais família. A montadora americana tentou unir as duas qualidades. O novo Ka é atraente, mas não tem a ousadia do irmão maior. No entanto, compensa com espaço interno mais generoso: “ele oferece mais espaço no banco traseiro que o New Fiesta”, confidencia o mesmo executivo.

Outra prova que o novo Ka 2015 não substituirá diretamente o velho Ka é a dica sobre preços que a Ford deu. O modelo ficará diretamente abaixo do New Fiesta. Em outra palavras, deve custar perto de R$ 30 mil na versão de entrada e chegar R$ 40 mil na topo de linha, que será uma opção mais equipada ao New Fiesta de entrada. Ou seja, nada de brigar pelo público disposto a gasta apenas R$ 23 mil, R$ 25 mil como no atual Ka ou no Mille.

Novo Ford Ka Concept

Novo Ford Ka Concept

Qual a razão dessa estratégia? Buscar o cliente aspiracional, aquele que quer um carro mais bonito e com itens desejados. Nesse caso, o Ka 2015 deverá expôr como virtudes o sistema Sync, uma central multimídia desenvolvida em conjunto com a Microsoft, e também uma “dock-station” para smartphones. Sim, o modelo da Ford poderá se conectar a qualquer celular avançado para tocar músicas, atender ligações sem as mãos e ser usado como navegador em programas como Waze e Maplink, por exemplo.

A ideia, aliás, não é original da Ford. A Datsun, braço popular da Nissan, lançou a ideia no hatch Go, que tem proposta de ser um hatch mais barato que um Mille na Índia.

A Ford deve equipar o novo Ka 2015 com o mesmo motor 1.5 Sigma usado nos Fiestas mais baratos, mas o motor mais interessante será uma versão aspirada do Ecoboost vendido no exterior. A marca aposta suas fichas nesse três cilindros, que deverá ser mais potente e econômico que os rivais diretos da Volks (up!) e Hyundai (HB20).

Uma fábrica para esse motor foi construída em Camaçari para dar conta da demanda pelo novo modelo, que deve chegar às lojas em abril de 2014. Embora não admita, a Ford já deve ter tirado de linha o Ka e o Fiesta Rocam, o primeiro para dar espaço ao New Fiesta em São Bernardo, e o segundo para que o novo Ka 2015 entre em produção.

Veja também: Avaliação: Novo Renault Logan 2014 é uma espécie de “Logan Reloaded”

O lançamento no Brasil do novo Ka 2015 é só o primeiro passo de uma estratégia global que colocará o modelo em mercados no Sudeste Asiático e também na Índia, onde será  batizado como Figo, como revelou a mesma fonte da Ford. Aliás, o nome chegou a ser pensado para o Brasil, mas cogitou-se que viraria piada. E o novo Ka pode ser uma piada de mau gosto, mas apenas para seus concorrentes.

Galeria Ford Ka 2015

Confira a página oficial do BlogAuto no Facebook e no Google+.