Motores V6 e V8 em vias de extinção

Motores V6 e V8 em baixa

Motores V6 e V8 em baixa

Estávamos em meados dos anos 1990 e a Fórmula 1 via o sucesso dos motores Honda e depois Renault, ambos V10. Enquanto isso, a Ferrari insistia no propulsor V12, uma tradição da marca que, de interessante, tinha apenas o ruído característico, diferente dos demais. Depois de relutar muito, a equipe abandonou o V12 em favor do V10 e as vitórias vieram com Michael Schumacher.

Conto essa história porque da mesma forma que a Ferrari insistiu no V12 sem nenhum argumento sensato – o motor era mais pesado e ineficiente que os V10 -, algumas marcas mantêm o foco nos propulsores V6 e V8 sob o argumento de que o cliente busca mais potência e torque.

Confira o calendário de lançamentos de 2014

Ocorre que o advento da crise financeira (no caso, mais o petróleo) e a preocupação ambiental fizeram as principais montadoras investirem em motores mais eficientes, deixado de lado unidades com mais de seis cilindros.

Essa nova realidade já pode ser percebida. Hoje, durante o lançamento do Audi Q5, nos surpreendeu o fato de a versão 2.0 TFSI ter desempenho quase idêntico ao V6 3.2 FSI: são apenas três décimos de segundos a mais na aceleração de 0 a 100 km/h com um rendimento no consumo de 1 km por litro a mais. Ou seja, para quê ter um motor tão grande a não ser por status?

A Citroën esta semana lançou o novo C5 e somente trouxe a versão 2.0 16V. Tudo bem, os leitores criticaram com razão afinal um carro desse tamanho com um motor de 2 litros parece um crime. Mas o V6 também não seria a solução. Perguntamos à assessoria da marca a razão de não termos essa versão e a resposta foi curiosa: “o motor V6 está deixando de ser fabricado. Nossos investimentos estão concentrados na nova família desenvolvida em conjunto com a BMW”. Essa nova família tem cilindrada menor e rendimento superior, bem ao gosto dos ambientalistas.

Por falar em BMW, ela e a Mercedes estudam novos motores com apenas três cilindros. E o futuro próximo prevê pequenos propulsores com cilindrada entre 1.2 e 2.0, injeção direta de combustível, turbo e muita eletrônica. É só ver o próprio 2.0 da Audi que no TT-S rende 272 cv, uma média de 136 cv por litro.

Dizer que os V6 e V8 sumirão pode parecer forte, mas sua presença nos carros de passeio parece estar com os dias contados.

16 Comments on “Motores V6 e V8 em vias de extinção

  1. "THERE IS NO REPLACEMENT FOR DISPLACEMENT" (Carrol Shelby)

    Tradução em português: "Quem gosta de motorzinho é dentista".

    Só mesmo o Blogauto para comprar essa desculpa da Renault. Imaginem só que coisa triste, se existisse, o "Planeta Blogauto"… só 4 cilindros, turbinhos e diesel pra tudo quanto é canto.

  2. lorenzo tô contigo, concordo plenamente,caramba que graça vai ter um mundo repleto de carros 4 cilindros nos nao podermos ver mais maquinas como lamborghinis ou ferraris, mesmo q esses carros sejem raros de se ver, mas nós sabemos que eles existem e estão devorando o asfalto por aí, o loko meu prefiro pegar uma nave para outro planeta!!!!!!

  3. Um motor turbo nunca terá o mesmo comportamento de um motor aspirado! Alem disso, um motor turbinado dura bem menos, bebe mais em alta rotação e ainda por cima ter piores resultados em retomada.

    Como o primeiro post disse bem, quem gosta de motorzinho é dentista e quem gosta de turbo é caminhão!

    Alem de que, logo passa essa onde idiota de que o carro é o mal do mundo, e logo teremos novamente os abençoados V6, V8, V10, V12 bem grandes, de alta potencia e os turbos e motorzinhos no ferro velho, sujando o planeta….

    Viva a gasolina!

  4. Lorenzo,

    já imaginávamos que esse post pudesse criar polêmica mesmo. Entenda que não se trata de uma vontade nossa, simplesmente estamos falando de um movimento que tem ganhado força hoje na indústria. Acreditamos que os motores de alta cilindrada continuarão existindo, mas em carros feitos para isso, não em veículos comuns.

    Mas vocês podem ter razão no futuro: se alguém encontrar uma maneira de criar motores V6, V8 e V10 econômicos sempre existirão clientes dispostos a comprar, mas hoje a realidade que se desenha é justamente o contrário.

    Abs,

    O Editor

  5. Queria ver aqui um autódromo em cada cidade, uma infinidade de propulsores movidos por diferentes formas (gasolina, água, diesel, metano, elétrons, gás, etc..) ou pelo menos BR de 8 vias cortando o pais, todas elas em perfeito estado.

    Mas estamos sempre a mercê do capitalismo e não da evolução social e tecnologia, hoje se gasta mais dinheiro em publicidade do que em educação, para acreditarmos que precisamos de status do que qualidade de vida.

    Tanto faz nossa opinião para as montadoras, eles não nos perguntam, mas sim nos comunicam, só teremos produtos novos depois de comprarmos os velhos, e assim por diante.

    Sempre vai haver pessoas que prefiram carburadores que IE, v6 v8 que motores menores mais eficientes, turbos ou aspirados…

    Isso porque fomos ensinados assim…

  6. Carrol Shelby? Aquele que envenenava os carros da super bem sucedida indústria automobilística americana? Ah, tá…

    Escrevam: vcs aindam vão ter um carro 1.0 turbo, como a VW tentou inovar na época errada e no país errado…

  7. “A ECONOMIA É A BASE DA PORCARIA”
    Aqui no Brasil, a indústria e a mídia estão tentando nos convencer que não, não estamos SEMPRE economizando. Desde que tirei carteira, o Brasil passou de importador de 2/3 do que consumia para a auto-suficiência. E a gasolina aqui continua igualmente cara, e o povo continua comprando carros “um ponto alguma coisa” para economizar, economizar, economizar… Trinta anos depois, continuam misturando álcool anidro à gasolina e nafta ao diesel (de péssima qualidade por sinal), quando não há mais conjuntura para isso, tudo para privilegiar os usineiros e essa máfia inchada de parasitas chamada Petrobrás. Depois, dizem para você economizar.
    Cueca apertada demais leva à infertilidade, o futuro do Brasil é esse.

  8. pois é, o preço do barril caiu e a petrobras nao baixou 1 centavo e agora não vai baixar nada mesmo depois que o barril já subiu, a diferença sempre fica para o governo, mais lorenzo isso é desculpa de alguns, os brasileiros já estão acostumados com essas carangas de baixa cilindrada desde o anos 70 quando surgiu o fiat 147, aqui no brasil é assim só compra coisa de qualidade quem tem primeiramente entendimento e dinheiro v8 , v10 e v12 no brasil é no minimo 10 vezes mais caro que nos eua quem duvidar é só dar uma passadinha no ebay e comparar os preços dos mesmos carros vendidos no brasil a diferença é enorme!

  9. <blockquote cite="#commentbody-10869">

    Lorenzo :

    “THERE IS NO REPLACEMENT FOR DISPLACEMENT” (Carrol Shelby)

    Tradução em português: “Quem gosta de motorzinho é dentista”.

    Só mesmo o Blogauto para comprar essa desculpa da Renault. Imaginem só que coisa triste, se existisse, o “Planeta Blogauto”… só 4 cilindros, turbinhos e diesel pra tudo quanto é canto.

    Realmente lamentável sua citação. Essa história de "motorzinho de dentista" colava quando tinhamos 18 anos de idade a muitos anos! Motores V8 que fizeram fama aqui e lá fora realmente estão sumindo, isto é fato, não é opinião! Se os motores de hj são menores e vendem mais que os velhos V8, qual o problema??

  10. <blockquote cite="#commentbody-10954">

    billy :

    pois é, o preço do barril caiu e a petrobras nao baixou 1 centavo e agora não vai baixar nada mesmo depois que o barril já subiu, a diferença sempre fica para o governo, mais lorenzo isso é desculpa de alguns, os brasileiros já estão acostumados com essas carangas de baixa cilindrada desde o anos 70 quando surgiu o fiat 147, aqui no brasil é assim só compra coisa de qualidade quem tem primeiramente entendimento e dinheiro v8 , v10 e v12 no brasil é no minimo 10 vezes mais caro que nos eua quem duvidar é só dar uma passadinha no ebay e comparar os preços dos mesmos carros vendidos no brasil a diferença é enorme!

    Preço da gasolina na bomba não tem nada haver com o preço do barril, preço da gasolina é setado pelo planalto, só pesquisar…

  11. Saudade Dos motores V12 E V10 Que soltavam peças pra todo lado…

    Carrol Shelby nao foi um fracassado. na verdade,nem hoje,onde carros como FORD GT E Corvette Z06 De merda predominam,Derrotam Um AC/Shelby Cobra 427. Jim Hall e Carrol Shelby foram os melhores donos de montadoras do mundo,porque voces nao pesquisam antes de falarem besteira?

  12. Gozado, quando o brent foi de U$60. pra U$137, ninguem reclamou que a gasolina brasileira não subiu junto… Quando baixou, ficaram esperando que baixasse junto. Daí é brincadeira… Memória seletiva…

  13. sempre gostei muito de motores grandes,porem em 2008 adquiri um corolla 1.6 16v aut.

    e me surpreendi pois tanto meu conceito de motor e cambio foram revistos, claro cada um tem seus pros e contras

  14. É isso aí. Motorzinho não tá com nada. Isso é coisa de barbeador e cortador de grama.

    1000 CC é motor de moto, carro merece só de 3.8 pra cima e com muita potência. Chega destes motorzinhos que quando estão em cidades montanhosas pedem primeira marcha toda hora porque o carro brocha.

  15. O Brasileiro nunca gostou muito de carros, olha o preço dos 1.4, carros comuns com preços altíssimos, também a quantidade de impostos que pagamos, as estradas ruins e a gasolina péssima. Mas o MOTOR V8 SEMPRE FOI DESCRIMINADO NO BRASIL, o brasileiro quando vê um Dodge Charger R/T ou um Maverick sempre fala que gasta muito, pô gasta mas anda muito, naquele tempo esses V8 eram simples não viam com carburadores Quadrijet, nem comando de válvula especial, esses carros de hoje apelam para o turbo e supercharger ai fica fácil, quero ver tirar potência na aspiração natural, até conseguem tirar potência, mas nunca teram o torque, resistência e potência de um V8, outra coisa não é tradição nossa ter um V8, inclusive carros antigos, lá nos EUA é possível achar peças de qualquer modelos, aqui só colecionadores endinheirados para comprarem um Muscle Car.

  16. Concordo com todos vcs, que mané economia! Estão pesandos neles e não em nós consumidores, e ainda ficam dizendo que o petróleo é nosso, se fosse meu o maximo que eu iriapágar por litro, 1,00 real. Tenho um v6, se eu podesse teria um v8. Isso sim, que é qualidade, e não gato por lebres de 1. e alguma coisa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>