Ford Mustang GT 2018

Ford Mustang GT 2018

Prestes a ser introduzido no mercado brasileiro, o Ford Mustang GT 2018 traz um recurso que deve agradar os vizinhos dos futuros proprietários do modelo. O novo muscle-car traz um recurso chamado de “modo bom vizinho”; que possibilita programar o volume do ronco do motor V8 de 5.0 litros conforme a hora do dia para não incomodar a vizinhança.

O recurso do novo Mustang GT é selecionado no menu do painel de instrumentos, por teclas no volante; usando o sistema de válvula ativa de escapamento que também altera o som do motor nos modos de direção Normal, Sport e Track.

“Esse sistema combina o melhor dos mundos – o som clássico do Mustang e a capacidade de não acordar os vizinhos ao sair cedo ou chegar tarde da noite em casa”; diz Matt Flis, engenheiro de desenvolvimento de escapamento da Ford. “Eu amo o som do V8, mas ele também pode incomodar as pessoas”, conta o engenheiro. “Então pensei: deve haver um jeito de ter mais controle sobre o ronco do motor”.

Ford Mustang 2018

Ford Mustang GT 2018

De acordo com pesquisas, quando o som ultrapassa o nível de 70 decibéis ele já consegue incomodar as pessoas. Com a partida silenciosa ativada, o som do novo Ford Mustang baixa cerca de 10 decibéis e fica em confortáveis 72 decibéis, volume similar ao de um lava-louças doméstico. O som alto do motor é um dos ruídos que mais irritam os vizinhos; assim como cortadores de grama, ferramentas elétricas, cães latindo e ensaios musicais.

Veja também: Os carros mais velozes das últimas 8 décadas

O responsável pelo time de experiência do usuário na área de desenvolvimento de produto da Ford nos EUA, Steve von Foerster, percebeu isso na prática. Numa manhã de domingo em Detroit, ele tirou seu Mustang Shelby GT 350 da garagem; e, ao ligar o motor, um vizinho se sentiu incomodado e ligou para a polícia. No entanto, quando os policiais chegaram ele já tinha ido embora.

Confira o BlogAuto no: Youtube, Facebook, Google+, Instagram e Twitter.

Novo Ford Mustang GT consegue silenciar motor V8

»crosslinked«