Uma marca um tanto quanto desconhecida pelo consumidor brasileiro, a Lifan está investindo em seus modelos para alavancar suas vendas no País e marcar uma nova fase no Brasil. O primeiro passo da empresa chinesa foi iniciar sua campanha publicitária, protagonizado pelo apresentador Rodrigo Faro, com um investimento de cerca de R$ 11 milhões. A Lifan, contudo, lançará novos veículos no mercado nacional.

Para o segundo semestre deste ano, a marca de origem asiática reserva o utilitário Foison, nas carrocerias picape e van, e o SUV X60, que chegará para enfrentar o Ford EcoSport e o Renault Duster. O hatch 520, que teve sua estreia ensaiada há tempos por aqui, finalmente desembarcará ao Brasil com motor 1.6 litro 16V com preço na casa dos R$ 40 mil.

Quer parcelar os débitos do seu carro? Faça tudo online: licenciamento, IPVA e multas sem todo o processo burocrático. Saiba mais, clicando aqui.

Além disso, a Lifan e Effa Motors formalizaram na semana passada um acordo que prevê a constituição de uma joint-venture, nomeada Lifan Motors do Brasil, que vai agir no mercado brasileiro e demais países da América do Sul. Até 2014, segundo a empresa, serão investidos no Brasil e no Uruguai cerca de US$ 120 milhões (R$ 35.580.000), que serão direcionados para “modernizar e ampliar a capacidade produtiva da linha de montagem instalada no Uruguai, pesquisa e desenvolvimento de produtos, ações de marketing, ampliação e estruturação da rede de concessionárias”, conforme informou a empresa em nota nesta última quarta-feira, 18.

Lifan X60

Com esta ampliação e modernização, a planta uruguaia da Lifan Motors terá sua capacidade de produção anual aumentada para 30 mil unidades no segundo semestre e 50 mil a partir de 2013. Atualmente, a fábrica produz apenas 20 mil exemplares por ano. A rede de concessionárias deverá dobrar, totalizando 100 pontos de vendas até dezembro, atingindo todas as capitais e as principais cidades brasileiras.

E a exemplo das também chinesas Chery e JAC Motors, a Lifan do Brasil também terá sua fábrica brasileira, prevista para entrar em operação em 2014 e com capacidade de produção anual de 100 mil veículos. A Lifan informa ainda que “apenas parte dos investimentos necessários para a construção da fábrica brasileira está incluída nos recursos anunciados”. “Um segundo aporte de investimentos, focado nesta unidade produtiva, será anunciado em breve”, garante a marca.