Volkswagen Passat 2015

Volkswagen Passat 2015

Um dos modelos de maior sucesso da Volkswagen no mercado mundial, o Passat chega em sua nona geração. O novo modelo foi apresentado pela montadora alemã em Berlim nesta quinta-feira, 3, e será exibido pela primeira vez ao público durante o Salão do Automóvel de Paris, que acontece em outubro. O Volkswagen Passat 2015 estreia a nova filosofia de design da marca, apresentada no conceito CrossBlue, mas mantém as linhas discretas da versão vendida atualmente.

Os faróis são espichados para as laterais e trazem iluminação em LEDs, fazendo conjunto com a nova grade de acabamento cromado. A traseira forma harmonia com a dianteira e traz lanternas horizontais, também em LEDs, tanto no sedã como na perua, que traz o sobrenome Variant. Por dentro, o novo Volkswagen Passat segue a linha do exterior e mantém a sobriedade dos carros da marca, mas há diversos novos itens tecnológicos, como é o caso do painel de instrumentos com tela LCD de 12,3 polegadas, a exemplo do Audi TT.

Volkswagen Passat 2015

Volkswagen Passat 2015

Há ainda sistema de som da Dynaudio, filetes de LED na decoração, relógio analógico no centro do painel, sistema de entretenimento com navegador GPS e aplicativos, sistema WiFi, internet, controle de cruzeiro adaptativo, faróis Full LED, detector de pontos cegos, alerta de mudança de faixa, auxílio de estacionamento, câmeras de monitoramento externo, ar-condicionado com três zonas, entre vários outros.

Na parte técnica, o novo Volkswagen Passat agora conta com a plataforma modular MQB, que já está disponível no Golf. A estrutura traz alumínio e aços de alta resistência em sua composição, o que contribuiu para reduzir seu peso em 85 kg e, consequentemente, tornar o automóvel 20% mais eficiente que o antecessor.

Volkswagen Passat 2015

Volkswagen Passat 2015

Nas medidas, o comprimento é o mesmo (4,76 metros), mas o entre-eixos ficou 8 cm maior (2,79 m), assim como a largura, em 12 mm (1,83 m). A altura diminuiu em 1,2 cm, totalizando 1,45 m. O porta-malas obteve ganho de 47 litros (650 l) no caso da Variant e 21 l no sedã, este com 586 l.

A gama de motores trará os blocos a gasolina 1.4 TSI de 125 ou 150 cv, 1.8 TSI de 180 cv e 2.0 TSI de 220 e 280 cv, além dos a diesel 2.0 TDI de 120 cv e 2.0 TDI com 150, 190 e 240 cv. Haverá ainda uma versão híbrida plug-in, com um motor 1.4 TSI combinado a outro elétrico, capazes de gerar 211 cv. Nesta variante, o Passat 2015 será capaz de rodar 966 km no modo combinado ou 50 km no modo elétrico.

A atual linha de design da Volkswagen, comandada pelo italiano Walter de Silva, é assim mesmo: mexe pouco porque quer um estilo duradouro. O novo Passat amplia o uso de telas de LCD, mas sem deixar de oferecer um visual padrão VW. Só achei o volante pouco coerente com o resto do carro. Vai vender bem na Europa, mas sofre justamente a concorrência de outros alemães mundo agora, incluindo os carros da marca irmã Audi.

Ricardo Meier