Nissan Kicks 2018 tem versão exclusiva para PcD

Nissan Kicks 2018 tem versão exclusiva para PcD

No Brasil, pessoas com deficiências (PcD) ou patologias que dificultam ou impedem a mobilidade conseguem adquirir veículos com isenção de uma série de impostos; que podem baratear o preço do veículo em até 30 por cento. Este benefício é cedido há mais de duas décadas, mas apenas em 2013 foi cedido também a deficientes sem condições de conduzir um veículo; além de patologias que diminuem a mobilidade, como tendinite crônica.

Pessoas idosas com sequelas físicas ou motoras provocadas pela idade ou por doenças também têm direito ao benefício. Em todos os casos, o interessado deve passar por um laudo médio e avaliação do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

E para atender esse público, que segundo o IBGE é de mais de 46 milhões de pessoas, as fabricantes têm investido cada vez mais em modelos especiais. Para atrair as pessoas com deficiência, as montadoras precisam oferecer modelos com preço de até R$ 70 mil e produzidos no Mercosul; para que possam obter a isenção de IPI, ICMS, IPVA e IOF. No caso de carros mais caros, não há a isenção do ICMS.

Por conta dessas facilidades e da gama de modelos mais ampla, as vendas para esse público tiveram alta de 31,5% em 2016 quando comparadas ao ano anterior. No mesmo período, o mercado total de carros registrou queda de 21 por cento, fechando com 1.676 milhão de vendas.

Hyundai Creta

Hyundai Creta

No ano de 2016, a Ford teve 2,6% de suas vendas totais destinadas a pessoas com deficiência. No caso da Toyota, este público respondeu por 6% de suas vendas.

Em nosso País, mais de 90% das vendas são de carros equipados com câmbio automático, o que dispensa adaptações. Porém, se o veículo precisa de passar por mudanças, as fabricantes recomendam empresas certificadas para manter a garantia do carro.

O mercado deve subir ainda mais com a chegada de novos modelos, como é o caso do Nissan Kicks S e o Hyundai Creta Pulse, ambos com motor 1.6 e câmbio automático. O primeiro crossover para PcD custa R$ 68.490, mas com os descontos cai para R$ 53.082. Já o segundo tem preço de tabela de R$ 69.990, podendo sair por R$ 53,9 mil para PcD.

A lista inclui o Jeep Renegade, que sai por R$ 69.990 (ou R$ 54.655 com isenção) na versão 1.8 flex com câmbio automático. Há também modelos como Volkswagen Fox e up! com câmbio i-Motion; Chevrolet Spin em versões de cinco e sete lugares com câmbio automático, entre outros.

Confira abaixo a lista das deficiências e doenças que dão direito aos descontos:

  • Amputações
  • Artrite
  • Artrodese
  • Artrose
  • AVC
  • AVE (acidente vascular encefálico)
  • Autismo
  • Alguns tipos de câncer
  • Doenças degenerativas
  • Deficiência visual
  • Deficiência mental (severa ou profunda)
  • Doenças neurológicas
  • Encurtamento de membros e más-formações
  • Esclerose múltipla
  • Escoliose acentuada
  • Lesão por esforço repetitivo
  • Linfomas
  • Lesões com sequelas físicas
  • Manguito rotador
  • Mastectomia (retirada da mama)
  • Nanismo
  • Neuropatias diabéticas
  • Paralisia
  • Paraplegia
  • Parkinson
  • Poliomielite
  • Próteses internas e externas
  • Problemas na Coluna
  • Renal crônico
  • Síndrome do túnel do carpo
  • Talidomida
  • Tendinite crônica
  • Tetraparesia
  • Tetraplegia

Confira o BlogAuto no: Youtube, FacebookGoogle+, Instagram e Twitter.

Vendas de automóveis para PcD têm alta no Brasil