Volvo Concept Universe

Ainda bem que é um conceito porque eu estava quase vomitando ao ver essa frente horrenda. Tá bom, acho que exagerei, mas a frente do carro me incomodou: se a grade inovadora até parece promissora o capô retrô não caiu bem, na minha opinião. Será que a Volvo precisava mesmo ter buscado inspiração no modelo PV544, da década de 1950?

O Concept Universe está no Salão de Xangai com o propósito de entusiasmar o público local, afinal agora a Volvo é  “chinesa” (a Geely comprou a marca da Ford). O sedã de grande porte traz outras soluções mais legais como  o interior “tablet”: dá-lhe tela multifuncional com cara de iPad, uma tendência daqui por diante.

As portas traseiras do Volvo são suicidas, mas não dão pinta que continuarão assim caso a montadora resolva transformá-lo em carro de produção. Aliás, se virar modelo de série, Concept Universe ficará acima do S80, hoje o modelo mais caro da marca.

[nggallery id=51]