Honda Civic 2012

O novo Honda Civic nem mesmo chegou ao Brasil – por conta de vários imprevistos – e já se fala em mudanças no sedã nos EUA, de acordo com o site Automotive News.

Quer parcelar os débitos do seu carro? Faça tudo online: licenciamento, IPVA e multas sem todo o processo burocrático. Saiba mais, clicando aqui.

As primeiras modificações do modelo, antes previstas somente para 2014, chegarão possivelmente um ano antes no país, devido ao grande número de críticas negativas realizadas pelo mídia norte-americana. A revista Consumer Reports, por exemplo, rebaixou o Civic para uma categoria “não recomendável” de compra. Já o Wall Street Journal considerou a nova geração “uma traição” da Honda.

O problema reside no fato de a montadora ter optado por simplicar o carro, temendo que os clientes pudessem se preocupar mais com economia de combustível que por design ou tecnologia. O sedã ficou menor e com peças menos nobres no país. A decisão de piorar o Civic veio justamente após a crise financeira. O que a Honda não sabia é que essa fase contida passaria logo e o americano voltaria a comprar os utilitários gastões.

“Nós levamos a sério a opinião do consumidor e vamos agir de acordo rapidamente”, disse John Mendel, vice-presidente da Honda América em uma entrevista. “Os comentários da Consumer Reports e de nossos clientes não passaram despercebidos. Estamos devidamente energizados”, complementou o executivo.