Pode haver alguma leve mudança nos números já que a Fenabrave não divulgou ainda seus números finais, mas é possível afirmar algumas coisas sobre 2008:

– A Fiat foi a líder mais uma vez, com mais de 650 mil emplacamentos, mas a Volks ficou a apenas 2 300 carros em dezembro. Ou seja, a briga vai ser boa em 2009…

– A Chevrolet não se recuperou do baque da economia e vendeu apenas 29 mil carros em novembro e igual valor em dezembro. A Ford, com 22 mil emplacamentos, pode até brigar pelo 3º lugar.

– A Renault quase retomou o 5º lugar no mercado geral. Acabou perdendo o posto para a Honda por causa da crise. Aliás, as japonesas parecem que nem enfrentaram dificuldades. Tanto Honda quanto Toyota venderam bem no final de 2008.

– As coreanas, por outro lado, caíram no final do ano, mas não foi só por causa da crise. Ambas receberam a concorrência pesada de crossovers como Captiva e Journey, entre outros. Ou seja, a festa acabou.

– Entre os carros, o Gol sobrou – terminou 2008 com quase 286 mil unidades vendidas. Já o Palio conseguiu ser vice-líder, porém, ficou em 3º no último trimestre, atrás do idoso Uno Mille.

– Os sedãs compactos têm um rival de primeira linha. O Voyage vende cada vez mais e terminou dezembro atrás apenas do Siena e do Corsa Sedan.

– Entre os sedãs médios, o domínio japonês foi tão grande que as outras marcas deveriam mudar de área. Civic e Corolla respondem por nada menos que 55% do segmento. Os outros 45% são divididos entre 14 modelos. E isso é uma média de 2008. Se levarmos em conta apenas os números do final do ano, essa participação é ainda menor.

Veja como ficou o ranking 2008:

Marcas
Veículos
Automóveis por segmento
Utilitários por segmento